Introdução

Embora a maioria dos bebês não tenha dentes antes dos seis meses de idade, os cuidados bucais na infância são importantes desde cedo. Vários dentistas recomendam uma visita inicial antes do primeiro aniversário da criança, para se certificar de que os dentes e a gengiva estejam bem cuidados e higienizados da forma adequada.

É recomendável ter o hábito de higienizar a gengiva de seu bebê logo após o nascimento. Embora possa haver um pouco de agitação no início, seu bebê se acostumará a ter a boca higienizada. Muitas crianças acabam até gostando.

Durante o primeiro ano de seu bebê, há algumas condições que você deve conhecer:

Dentição
Entre 3 e 9 meses de idade, os dentes de leite (decíduos) de seu filho começarão a nascer. A dentição pode tornar seu filho agitado, o que pode gerar insônia e perda de apetite.

Cárie de mamadeira 
Cárie de mamadeira — também conhecida como "cárie de acometimento precoce" — é uma das questões mais importantes nos cuidados bucais de crianças. Essa condição é causada pela exposição frequente e constante a bebidas açucaradas que podem danificar seriamente os dentes do bebê e a saúde bucal como um todo.

Chupetas
Usar chupeta é comum para a criança – isso traz um conforto em seus primeiros anos de vida. Durante os primeiros anos, esse hábito provavelmente não causará nenhum prejuízo, entretanto, se mantido por um longo período, especialmente no momento em que a criança começa a trocar a dentição decídua (de leite) para a permanente, pode causar problemas de alinhamento, por exemplo.

Compreensão

Dentição
Embora recém-nascidos normalmente não possuam dentes erupcionados (que nasceram), a maioria possui pelo menos um conjunto de dentes (os dentes de leite) parcialmente desenvolvido que começa a aparecer na boca entre os 3 e 9 meses após o nascimento. Todos os 20 dentes decíduos nascem durante os primeiros anos de vida da criança. A maior parte das crianças já possui todos os dentes decíduos aos três anos.

O processo de dentição começa com os dois dentes inferiores frontais (incisivos), seguidos dos quatro incisivos na mandíbula inferior e superior. Então, os primeiros molares nascem, depois os caninos, e então os segundos molares, mais ao fundo na boca.

Planejamento

Nascimento dos dentes
Alguns bebês podem ficar com a gengiva dolorida ou inflamada quando o dente começa a nascer. Para amenizar a dor, massageie gentilmente a gengiva com um dedo limpo, com um massageador de gengiva infantil ou com uma compressa de gaze molhada.

Primeiro dente
Cuidar dos primeiros dentes de seu bebê é muito importante e ajuda a manter a boca dele saudável.

Dicas para limpar a boca de seu bebê:

Apoie a criança em seu colo. A cabeça deve estar próxima de seu peito, de modo que, ao olhar para baixo, você olhe diretamente para a boca da criança.

Limpe a gengiva e os dentes massageando com um pano limpo e úmido por toda a gengiva superior e inferior do bebê. Você também pode utilizar dedeiras de silicone que se encaixam no seu dedo e que são feitas para auxiliar na higiene da boca do bebê.

Siga estes passos pelo menos duas vezes ao dia — uma vez antes do café da manhã e uma vez após a última refeição do dia.

Quando os dentes começarem a nascer, comece a escová-los pelo de duas a três vezes por dia com uma escova dentária de cerdas suaves e água. Depois de dois anos, supervisione a escovação para garantir que seu filho não engolirá o creme dental.

Cárie dentária 
Ela ocorre quando o ácido formado por bactérias a partir de açúcares de alimentos e bebidas danifica o esmalte do dente, o que causa desmineralização e, eventualmente, pode levar a uma cárie. Para evitar a cárie, não deixe a criança adormecer com uma mamadeira em sua boca.

Chupetas 
Caso a criança utilize uma chupeta, certifique-se de que ela será sempre utilizada adequadamente: jamais amarre uma chupeta em um colar ou em torno do pescoço da criança ou em qualquer outro lugar onde ele/ela possa acabar enroscando em volta de seu pescoço.

Escolha uma chupeta que:

Escolha uma chupeta que:

Possua orifícios de ventilação nas laterais.

Seja grande o suficiente para que seu filho não a engula.

Seja feita de material flexível e não tóxico.

Possua uma alça que seja fácil de pegar.

Sempre verifique a chupeta antes de dá-la à sua criança. Certifique-se de que não possua rasgos ou bolhas, e caso haja, substitua-a. Jamais mergulhe a chupeta em mel ou em qualquer outra substância açucarada antes de dá-la ao seu filho.

 

Como cuidar do primeiro dente de seu filho?

Assim que os dentes de seu bebê nascem, é importante começar a cuidar deles. Experimente cremes dentais formulados especialmente para crianças.