Jovem homem usando fio dental

Por que você tem coceira na gengiva?

Todos nós sentimos coceira. Às vezes, sentimos coceira por conta do ar fresco. Às vezes, sem fazer qualquer esforço. E às vezes, sentimos coceira na... gengiva? Bem, é isso, às vezes queremos coçar a nossa gengiva. Começa como uma sensação estranha em torno da linha da gengiva, como uma dormência ou formigamento. Mas depois, se torna desconfortável. Se esse é o seu caso, consulte o seu dentista para um diagnóstico. Isso não deve ser difícil. Assim como não é difícil tratar as suas gengivas que coçam e formigam para que essa sensação desapareça.

Acúmulo de placa

A razão principal para a conceira na gengiva é a placa. Ou ainda, muita placa. A placa é uma película pegajosa que bloqueia os dentes e as gengivas, formada por bactérias, açúcares e germes. Quanto mais placa você tiver, maiores serão as suas chances de desenvolver deteriorações dentárias e cáries. Quando você fica um ou dois dias sem escovar os dentes, a coceira entra em cena. Isso se dá em função de um acúmulo de placa em seus dentes e gengivas. Logo, como para a maioria dos problemas ligados à higiene bucal, escovar os dentes duas vezes por dia, usar fio dental diariamente e ir ao dentista duas vezes por ano ajudará a eliminar a placa e a coceira de uma vez por todas. Mas sem mexer no seu paladar. Fique tranquilo, você pode mantê-lo.

Doença periodontal

Agora, se você realmente abandonar a sua higiene bucal, o acúmulo da placa pode levar à doença periodontal. E você não deseja isso. A mais comum das doenças periodontais é a gengivite. Nesse caso, a coceira parecerá insignificante diante do inchaço e do sangramento nas gengivas aos quais ela está associada. Felizmente, o seu dentista pode ajudar com uma limpeza completa e profunda. Além disso, os cuidados bucais cotidianos, realizados por você mesmo, em sua casa, incluindo o enxágue bucal diário, devem ajudar a prevenir o retorno da coceira e da gengivite.

Alergia

Ainda que a placa e a doença periodontal sejam os principais fatores para o surgimento da coceira na gengiva, existem outras possibilidades. As alergias estão entre elas. Elas são conhecidas por causar coceira nos olhos, nariz, pele, mas tratando-se das gengivas, isso também não é incomum. A coceira normalmente surge de duas formas:

  • Alguns produtos (cremes dentais, enxaguantes bucais, etc.) com determinados ingredientes podem irritar e inflamar a sua gengiva, provocando a coceira.
  • A síndrome de alergia oral pode causar inchaço nos lábios, coceira na garganta, na boca e gengiva. Isso ocorre quando os alérgenos de reação cruzada são encontrados no pólen, frutas cruas, vegetais ou algumas nozes.

O seu dentista pode recomentar o uso de produtos de cuidados bucais específicos com ingredientes que irritam suas gengivas e boca.

Ao diagnosticar a que você é alérgico, o seu médico também o ajudará a saber o que evitar no futuro.

Depois da cirurgia

A última origem possível da sua coceira na gengiva pode ser resultado de uma cirurgia oral. Não é incomum que a sua gengiva coce depois da remoção de um dente do siso. Enxaguar com água salgada pode ajudar. Fale com o seu dentista se isso não funcionar. A última coisa que você quer é esfregar e coçar uma área próxima à da sua cirurgia. Isso pode atrapalhar a sua recuperação.

É bem provável que a placa e/ou doenças periodontais sejam as responsáveis pela coceira na gengiva. E se esse for o caso, uma boa rotina de cuidado bucal vai melhorar drasticamente a sua situação e acabar com a coceira. Se a coceira continua de forma recorrente, consulte o seu dentista para que ele examine corretamente a sua gengiva e dentes. Ele também estará se coçando para resolver isso.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.