Uma mulher idosa com sorriso saudável sentada durante a consulta com o dentista em consultório odontológico

Quando receber um tratamento para um abscesso gengival?

Se de repente, você notar que as suas gengivas estão inchadas ou sangrando, ou caso a dor esteja reverberando em sua mandíbula, talvez você pode estar passando por um quadro de abscesso gengival.

Este tipo de condição aguda exige uma visita ao dentista para que você possa receber tratamento o mais rápido possível e conseguir reduzir a dor. Se por um lado, constatar a existência de um abscesso gengival pode ser assustador, por outro, e essa é uma boa notícia, seu dentista poderá tratá-lo de forma rápida e eficiente.

O que é um abscesso gengival?

Um abscesso gengival é um tipo de infecção periodontal caracterizada por uma coleção de pus (ou seja, um abscesso) encontrada ao lado de um dente. Os fatores contribuintes para incluem comida, corpos estranhos ou tártaro residual impactando a região da gengiva. Se você se encontra sob um tratamento periodontal, o seu abscesso gengival pode ser causado pela introdução de uma bactéria nas bolsas gengivais (durante o desbridamento) ou uma superinfecção bacteriana.

Os sintomas de um abscesso gengival são:

  • Edema intraoral, com ou sem dor
  • Aumento da dor ao morder
  • Exsudato purulento (uma descarga de pus da área) quando uma pressão é exercida
  • Gosto ruim na boca
  • Uma sensação de dente solto

Quais são os estágios do abscesso gengival?

Em um estudo seminal, o American Academy of Periodontology classificou os abscessos na gengiva em abscessos gengivais e periodontais.

Abscessos gengivais. Essa condição é caracterizada pela existência de uma infecção purulenta localizada que afeta a gengiva marginal (borda terminal da gengiva em torno dos dentes em forma de colar).

Abscessos periodontais. Essa condição também envolve uma infecção purulenta, mas que ocorre no tecido adjacente da bolsa periodontal. Se não tratada, pode levar à destruição do ligamento periodontal e do osso alveolar.

Tratamento do abscesso gengival

De acordo com um estudo da StatPearls, o tratamento do abcesso gengival procura aliviar os sintomas e infecções, reduzindo o risco de propagação da infecção.

Isso tipicamente inclui a drenagem do abscesso por meio de uma incisão na área mais inchada na gengiva (no caso de um abscesso gengival) ou nas bolsas periodontais (caso se trate de um abscesso periodontal). Se você possui um abscesso periodontal, seu dentista pode optar por uma raspagem mecânica das bolsas periodontais e usar um enxaguante bucal antisséptico para remover o tecido morto e bactérias. Se um objeto estranho estiver inserido em sua gengiva, ele também deverá ser removido.

Na maioria dos casos, o seu dentista também lhe receitará antibióticos para ajudar a combater a infecção, além de recomendar um analgésico livre de prescrição contra a dor, se necessário. Uma vez em casa, paralelamente ao uso dos antibióticos, você pode experimentar enxaguar com água morna salgada para reduzir o inchaço.

Possuir um abscesso gengival pode representar uma experiência dolorosa e estressante. Por isso, a prevenção é a melhor solução. Procure realizar regularmente limpezas com o seu dentista e mantenha uma boa rotina de cuidados bucais. E lembre-se, se você experimentou alguma dor ou irritação relacionadas a um abscesso gengival, ele é altamente tratável. Apenas certifique-se de agendar uma visita ao seu dentista o mais rápido possível.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.