Trabalhador de laboratório usando microscópio

Quais são as causas de uma mancha escura na gengiva?

Uma mancha escura na gengiva pode ter causas diferentes e pode dificultar o diagnóstico por parte do prestador de serviços de saúde bucal. Entretanto, uma mancha escura raramente é um sinal de câncer ou de uma doença grave. Essa mancha na gengiva pode ser endógena (decorrente de um processo local ou sistêmico no organismo) ou exógena (de origem externa). Continue lendo para saber com o que se preocupar se notar uma mancha pigmentada na boca.

Causas endógenas

Nossa pele contém células chamadas melanócitos, que secretam o pigmento que forma sua cor. Na boca, esse pigmento (chamado melanina) pode formar marcas simétricas de cor escura ou preta. Essa pigmentação na gengiva geralmente permanece a mesma durante toda a vida, de acordo com a revista Dermatology and Dermatologic Diseases.

Outra possível causa de uma mancha escura na gengiva é uma malformação dos vasos sanguíneos nos tecidos chamada hemangioma. Trata-se de uma lesão benigna que normalmente não requer tratamento. Áreas cronicamente inflamadas devido a doenças como líquen plano também podem ter manchas escuras.

Distúrbios endócrinos, como a doença de Addison, também podem levar à produção de melanina pelos melanócitos, explica a Dermatology and Dermatologic Diseases. Se você nunca teve pigmentação por melanina na boca, então uma dispersão repentina de manchas escuras pode ser um sinal de que você precisa investigar um problema nas glândulas suprarrenais.

Causas exógenas

Objetos estranhos alojados sob o tecido gengival podem às vezes aparecer como manchas escuras. Em geral, a causa é um fragmento de uma antiga restauração de amálgama que pode ter sido empurrado fisicamente para dentro do tecido gengival, deixando um ponto azul escuro ou preto (às vezes chamado de tatuagem por amálgama). Também é uma lesão benigna e, a menos que haja um problema estético, nenhum tratamento é necessário.

O tabagismo de longa data pode levar a uma pigmentação chamada melanose do fumante, que pode surgir como manchas enegrecidas ou acastanhadas no interior das bochechas e dos lábios. De acordo com a revista International Journal of Environmental Research and Public Health, se a pessoa para de fumar, as manchas tendem a desaparecer.

Câncer de boca

A melhor maneira de prevenir, detectar e tratar a pigmentação bucal é pedir que o dentista faça exames regulares para detecção de câncer de boca. O dentista se familiarizará com as áreas naturais de pigmentação por melanina na sua boca e será capaz de monitorar as mudanças ao longo do tempo. Por isso, se você identificar uma mancha na gengiva, não entre em pânico, mas marque uma consulta com seu dentista.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.