Dentista usando um laser dental para cuidados periodontais
Badge field

O que é odontologia a laser? | Colgate® Cuidado Bucal

Published date field

 

Na odontologia a laser, os lasers são usados para remover ou alterar tecidos duros e moles em uma variedade de procedimentos odontológicos. Embora os lasers tenham sido introduzidos no mercado odontológico décadas atrás, eles não são considerados convencionais na odontologia. Continue lendo para descobrir os tipos de lasers usados em odontologia e quais procedimentos podem envolver lasers.

 

Tipos de lasers

Lasers para tecidos moles

Existem mais de 20 usos de lasers em odontologia  que foram liberados pela agência americana de vigilância sanitária (Food and Drug Administration), de acordo com a  American Dental Association (ADA). Mais comumente, os lasers são usados em procedimentos que envolvem os tecidos moles da boca, como as gengivas. Os lasers frequentemente usados para esses fins são o laser de diodo, o laser de dióxido de carbono e o laser Nd: Yag.

Os lasers podem cortar e remover o tecido gengival mole, tornando-os úteis em procedimentos, como na criação uma depressão ao redor da gengiva para melhorar a visibilidade e o acesso dentário e remodelar as gengivas para fins estéticos. Às vezes, os lasers são usados para remover o excesso de tecido gengival e liberar músculos excessivamente rígidos na boca ou para tratar úlceras orais e herpes labial. A terapia a laser também pode tratar a doença periodontal, ou infecção gengival, removendo o revestimento infectado do tecido gengival ao redor dos dentes e contribuindo para a regeneração do tecido gengival saudável.

De acordo com a  American Association of Periodontology, não está claro se o tratamento a laser é mais eficaz que o tratamento tradicional das doenças periodontais. Dito isso, existem algumas vantagens na terapia a laser para tecidos moles. O tratamento a laser pode reduzir o sangramento durante e após procedimentos cirúrgicos, causar menos desconforto (e, subsequentemente, reduzir a necessidade de anestesia) e reduzir o inchaço. Por outro lado, em alguns casos, o tratamento a laser pode atrasar a cicatrização e causar a descoloração do tecido.

Lasers para tecidos duros

Lasers para tecidos duros são usados para cortar tecidos "duros" na boca, como os dentes. Eles incluem principalmente os lasers Er: YAG e Er Cr: :YSGG . Esses lasers podem ajudar a remover a cárie dentária, preparar cavidades para a colocação de obturação, preparar um dente para um tratamento de canal e condicionar o esmalte do dente para que a obturação possa aderir a ele.

Lasers projetados para fins de tecidos duro podem reduzir a necessidade de anestesia e reduzir a chance de superaquecimento de partes do dente, como a polpa, o tecido nervoso do dente. No entanto, os lasers para tecidos duros também podem estender o tempo necessário para o tratamento devido à natureza precisa do corte a laser e pode ter resultados inconsistentes.

Procedimentos que envolvem a odontologia a laser

Os lasers podem ser usados em uma série de outros procedimentos odontológicos, incluindo no  clareamento de dentes a laser, na fixação de materiais restauradores, como coroas ou obturações, e na detecção de cáries. Tendo em mente que a ADA nunca incluiu a formação em laser em seus padrões de credenciamento para programas de formação odontológica, os dentistas precisam buscar treinamento no uso de lasers em programas de educação continuada ou de fabricantes. Antes de considerar qualquer tipo de terapia odontológica a laser, converse com seu dentista para determinar se o tratamento a laser é adequado para você.

 

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.