Dentista examina raios-X panorâmica dos dentes da mandíbula superior e inferior

O que um caroço na mandíbula pode indicar

Se você um dia notou um caroço na mandíbula ao acordar, muitas podem ser as causas. O caroço é pequeno ou grande, macio ou firme, móvel ou fixo, indolor ou doloroso? Qualquer tratamento dependerá da causa do problema, portanto, continue lendo para saber mais sobre os caroços na linha da mandíbula.

O que pode causar um caroço na linha da mandíbula?

Um caroço, massa ou área inchada na mandíbula pode causar um susto. Entretanto, pode indicar muitas afecções inofensivas ou facilmente tratáveis — desde algo simples como uma picada de inseto até algo comum como um linfonodo inchado. Os tumores, tanto os malignos quanto os benignos, são mais raros, mas essa hipótese deve ser sempre avaliada por um profissional. Confira as causas comuns para a formação de caroços na mandíbula:

Abscesso dentário

Um abscesso grave geralmente ocorre em um dente com uma cárie não tratada. As bactérias nocivas chegam aos vasos sanguíneos e nervos da câmara interna do dente para infectar o sistema de canais radiculares. Uma fratura no dente, um trauma grave ou problemas com o tratamento de canal existente também podem levar a um abscesso dentário. O abscesso pode causar inchaço intenso, formando um caroço na linha da mandíbula. O início do inchaço é geralmente rápido e extremamente doloroso.

Tratamento: Marque imediatamente uma consulta com o dentista para examinar o dente. O tratamento geralmente requer extração ou um canal. O dentista também pode drenar a área e prescrever antibióticos para a infecção.

Linfonodos inchados

Um caroço móvel na mandíbula pode indicar um linfonodo inchado. A rede de linfonodos ajuda o sistema imunológico a proteger nosso organismo contra doenças. Esses linfonodos estão localizados na cabeça e no pescoço, inclusive sob a mandíbula e o queixo. Quando os linfonodos incham, geralmente sinalizam a presença de uma infecção, como resfriado, gripe, infecção de ouvido, sinusite, faringite, entre outras. Um dente com abscesso também pode causar inchaço de linfonodos. O linfonodo inchado pode variar de tamanho e pode causar dor ao ser tocado, durante a mastigação ou ao virar a cabeça.

Tratamento: Será necessário tratar a infecção subjacente para reduzir o inchaço dos linfonodos. O médico ou o dentista pode prescrever um antibiótico, um antiviral ou um analgésico de venda livre para tratar a inflamação. Casos graves podem exigir a drenagem de pus dos linfonodos.

Cistos ou tumores benignos

Outros crescimentos benignos também podem causar um caroço na linha da mandíbula. Os cistos são bolsas cheias de líquido ou outra substância, enquanto os tumores benignos se formam quando as células se dividem em uma velocidade irregular. Esses cistos e tumores não podem afetar os tecidos vizinhos ou se espalhar por todo o corpo. Embora geralmente sejam indolores ao toque, esses cistos e tumores podem causar desconforto quando crescem e exercem pressão sobre as estruturas próximas.

Tratamento: O médico ou dentista provavelmente recomendará a remoção cirúrgica, que pode incluir a remoção de dentes, tecidos ou ossos adjacentes. Um patologista examinará o tecido removido para confirmar se o tumor é benigno ou maligno. Dependendo do tamanho do e do impacto do cisto ou tumor, também pode ser necessária uma cirurgia para reconstrução da mandíbula ou outras de partes da boca.

Câncer

Também podem se formar caroços cancerosos ao longo da mandíbula. Embora eles afetem com maior frequência os adultos mais velhos, podem aparecer a qualquer idade. Os caroços normalmente são duros e não são sensíveis ou dolorosos ao toque. O câncer pode formar um caroço perto do queixo de várias maneiras:

  • Ao afetar um órgão próximo, como a boca, a garganta, a tireoide ou as glândulas salivares.
  • Espalhando-se de um órgão diferente para os linfonodos.
  • Através de um câncer de pele não melanoma.
  • Através de um sarcoma ou linfoma.

Tratamento: Se for diagnosticado um tumor maligno, o médico pode recomendar quimioterapia, radioterapia ou cirurgia para remoção do tumor. O estado de saúde do paciente e o tipo e a progressão do câncer determinarão o plano de tratamento.

Outras causas

Outras causas para um caroço na linha da mandíbula não indicadas acima podem incluir:

  • Lesão ou trauma na mandíbula
  • Cálculos nas glândulas salivares
  • Acne
  • Picada de inseto

Quando você deve procurar um médico por causa de um caroço sob a mandíbula?

Em alguns casos, um caroço na linha da mandíbula desaparece espontaneamente. Entre em contato com o médico ou dentista imediatamente se o caroço:

  • For doloroso
  • Estiver crescendo
  • Não tiver uma causa conhecida
  • Persistir por mais de duas semanas
  • Vir acompanhado de perda de peso ou febre
  • Causar dificuldade para respirar ou engolir

O dentista poderá encaminhá-lo a um patologista bucal ou cirurgião de cabeça e pescoço para exames adicionais.

Às vezes não é possível prevenir o caroço. No entanto, você pode ter uma boa higiene bucal para ajudar a prevenir os abscessos nos dentes. Você também pode reduzir o risco de câncer de boca através de mudanças no estilo de vida, como deixar de fumar e diminuir o consumo de bebidas alcoólicas. Consultar o dentista pelo menos duas vezes por ano também pode ajudar a identificar qualquer problema o mais cedo possível.

Antes de começar a se preocupar, verifique os sinais de alerta listados acima e marque uma consulta com o dentista. Ele pode ajudar a identificar a causa e estabelecer um plano de tratamento para que a sua mandíbula volte ao normal o mais rápido possível.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.