Novo Sistema De Ultra-Som Pode Fazer O Tecido Dental Formar-Se Novamente

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Alberta (UA), Edmonton, Canadá, relata ter sido capaz de formar novamente o tecido dental.

Usando um ultra-som pulsado de baixa intensidade (LIPUS), a equipe da UA criou um "sistema em um chip" miniaturizado que oferece uma nova forma não-invasiva de estimular o crescimento da mandíbula/maxila e a cicatrização do tecido dental.

O design sem fio do transdutor de ultra-som significa que o pequeno dispositivo será capaz de adaptar-se confortavelmente dentro da boca do paciente enquanto embalado em materiais biocompatíveis. A unidade será montada facilmente num bracket ortodôntico ou numa coroa plástica removível. A equipe também projetou um sensor de energia que garantirá que a energia do LIPUS esteja alcançando a área-alvo das raízes dentais dentro do osso.

"Se a raiz estiver fraturada, agora ela poderá ser consertada", disse o dr. Tarak El-Bialy da faculdade de medicina e odontologia da UA. "E como agora podemos fazer crescer novamente a raiz do dente, um paciente pode ter seu próprio dente em vez de objetos estranhos dentro da boca".

O dispositivo destina-se às pessoas que apresentam reabsorção radicular, um efeito comum de lesões em tecidos dentais causadas por doenças e distúrbios endócrinos que podem levar à fratura da estrutura radicular de um dente. Lesões pelo uso de aparelhos ortodônticos também causam reabsorção radicular progressiva, limitando o tempo que os aparelhos podem ser utilizados.

Este novo dispositivo trabalhará para neutralizar o processo destrutivo de reabsorção enquanto permite que o paciente continue usando o aparelho. Com aproximadamente 5 milhões de pessoas usando aparelhos nos Estados Unidos, a fatia de mercado para esse dispositivo poderá ser de aproximadamente 1,4 milhões de pessoas.

Os pesquisadores estão trabalhando para tornar seu protótipo um modelo pronto para o mercado e esperam que o dispositivo esteja pronto para o público dentro dos próximos dois anos.

© 2018 Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Dicas de cuidado bucal para ORTODONTIA ADULTA

  • Utilização do fio dental – Criar uma rotina de uso do fio dental é importante durante o tratamento odontológico. Ortodontistas podem recomendar escovas de dente interdentais ou rosqueadores para o fio, para facilitar o acesso entre os dentes.

  • Rotina de escovação dentária – Usar creme dental com flúor e uma escova de dentes de cerdas macias são ideais para a limpeza dos dentes com aparelho. Comece escovando em um ângulo de 45 graus na margem gengival utilizando movimentos circulares pequenos. Depois, posicione a escova de dentes na parte superior dos bráquetes, indo para baixo para escovar a parte superior de cada bráquete. Finalmente, reposicione a escova para escovar a parte inferior do bráquete, bem como o aro, posicionando a escova para cima.

  • Bochecho com flúor – Após escovar os dentes e utilizar o fio dental, enxágue a boca com um bochecho com flúor para auxiliar a prevenção de cárie e manchas brancas.

  • Protetores bucais – Utilize um protetor bucal caso participe de esportes. Os protetores podem proteger as bochechas e os lábios de cortes graves e podem prevenir danos aos aparelhos ou aplicações odontológicas em caso de queda ou se você for atingido no rosto.

Sorriso metálico? Ajude a mantê-lo bonito para o futuro.

Garantir que seus dentes estejam limpos é mais difícil com o uso de aparelhos. Use um de nossos produtos para tornar esse processo mais fácil.