13 frutas ácidas e como elas afetam os seus dentes

A maioria das pessoas gosta muito de comer frutas, já que são doces, suculentas e ricas em vitamina C. Frutas como laranja, morango e limão são boas para a sua saúde. Algumas frutas, no entanto, têm alto índice de acidez e podem ser prejudiciais ao esmalte dos dentes. Isso não quer dizer que você não possa se beneficiar das frutas com maior acidez, só é preciso saber quais delas representam maior risco e como manter os seus dentes seguros na hora de comer.

Quais são as frutas mais ácidas?

A acidez dos alimentos é medida conforme o seu pH. Segundo a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), os alimentos com um pH acima de 7 são considerados alcalinos, enquanto aqueles que possuem pH abaixo de 7 são tidos como ácidos. Quanto menor o pH, maior o nível de acidez. A seguir, as 13 frutas mais ácidas e o seu pH correspondente de acordo com a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA):

Suco de limão (2.00 – 2.60)

Limão (2.00 - 2.80)

Suco de cranberry (2.30 – 2.52)

Ameixa (2.80 – 3.40)

Uva (2.90 – 3.82)

Romã (2.93 – 3.20)

Toranja (3.00 – 3.75)

Mirtilo (3.12 – 3.33)

Abacaxi (3.20 – 4.00)

Maçã (3.33 – 4.00)

Pêssego (3.30 – 4.05)

Manga (3.40 – 4.80)

Laranja (3.69 – 4.34)

O que é erosão dentária?

Ainda que os dentes tenham um esmalte duro, a alta acidez de muitas frutas e sucos pode causar enfraquecimento e desmineralização com o tempo. Essas áreas desmineralizadas podem ficar sensíveis à temperaturas extremas ou a alimentos doces. De acordo com a Academia de Odontologia Geral dos Estados Unidos (AGD), o cálcio na saliva pode ajudar a remineralizar o esmalte, fortalecendo-o.

Prevenção da erosão dentária

Você não tem que desistir das frutas para evitar a erosão. A seguir, algumas dicas para manter a sua boca saudável enquanto obtém o mínimo de vitamina C necessário:

  • Use um canudinho quando for beber suco. Isso vai fazer com que o ácido não entre em contato direto com os dentes;

  • Depois de comer alguma fruta, enxágue a boca com água para diluir os ácidos e espere pelo menos 30 minutos antes de escovar os dentes, dando tempo assim para que o esmalte se reassente;

  • Mantenha o esmalte fortalecido ao escovar com um creme dental com flúor.

  • Depois de comer uma dessas frutas, aproveite e coma um pedaço de queijo. Isso vai fazer com que o nível de pH na sua boca suba e aumente a produção de saliva, ajudando a neutralizar os ácidos. A AGD também defende que certos compostos do queijo aderem ao esmalte dos dentes, protegendo-o de vários ácidos presentes na sua comida.

A importância da vitamina C

A vitamina C tem um papel fundamental no crescimento, na manutenção e no reparo do tecido vital do seu corpo. Isso inclui ossos, cartilagem e dentes. Na verdade, a Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos sugere que a vitamina C mantém o seu corpo equipado para curar feridas e lutar contra infecções, inclusive a doença gengival.

O seu corpo não pode produzir ou armazenar sozinho vitamina C, de forma que você precisa ingerir a quantidade diária necessária comendo alimentos que são ricos nela. A vitamina C é encontrada em todas as frutas e em todos os vegetais, mas, dentre eles, os melhores são: frutas críticas como a laranja e a toranja, bem como kiwi, manga, abacaxi, melancia e diversos tipos de fruta silvestre (também conhecidas como frutas berry).

Os profissionais da saúde vão sempre recomendar manter uma dieta balanceada com muita fruta e muitos legumes e vegetais para que você obtenha vitamina C suficiente, contanto que você tome as precauções necessárias para evitar queos ácidos danifiquem seus dentes. Desse jeito, você pode comer as frutas que gosta e que te fazem bem.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Dicas para uma dieta saudável

  • Alimentos com alto teor de açúcar são uma causa especialmente comum de cárie dentária. Tornar estes alimentos um deleite em vez de serem a parte principal irá ajudar a proteger os dentes.

  • Manter uma dieta balanceada, consumir comidas variadas dos cinco maiores grupos alimentares.

  • Ao escolher um lanche, opte por alimentos nutritivos como queijo, vegetais crus, iogurtes naturais ou pedaços de frutas.