O Que São Túbulos Dentinários?

homem jovem com sorriso bonito

O dente não é um pedaço sólido de tecido corporal. Pelo contrário, ele tem camadas de tecido com funções exclusivas. Uma dessas camadas, chamada dentina, fica logo abaixo da superfície do esmalte. Os túbulos que passam pela dentina ajudam a perceber as sensações nos dentes. Embora façam parte da função normal dos dentes, podem surgir problemas.

O que são túbulos dentinários?

Os túbulos dentinários são canais microscópicos que irradiam por baixo da superfície do esmalte até o interior do dente, chamado de polpa. Recebem esse nome porque atravessam da dentina.  A dentina é o principal componente estrutural e a camada intermediária do dente, que sustenta o esmalte quebradiço no exterior. É menos mineralizada que o esmalte e forma a maior parte da estrutura do dente.

Esses pequenos canais ocos na dentina transmitem sensações do lado de fora para o interior do dente. Esse processo é frequentemente responsável pela sensibilidade que os pacientes sentem quando o esmalte está desgastado. Os túbulos transmitem as sensações de calor e frio. Estímulos pegajosos e ácidos (alimentos) podem afetar as partes desprotegidas do dente, estimulando os nervos e as células em seu interior e causando desconforto, afirma a Associação Americana de Odontologia.

Tratamento da hipersensibilidade dentinária

Pessoas com sensibilidade dentinária devem consultar o dentista para investigar se a dor ou sensação se deve à exposição da dentina nas superfícies dentárias, e não a uma doença ou condição dentária mais grave. Se for apenas sensibilidade dentinária, o paciente pode ajudar a aliviar o desconforto com produtos de venda livre eficazes e de uso contínuo. Por exemplo, os cremes dentais para dentes sensíveis previnem a sensibilidade quando usados continuamente.

Cuide bem da sua saúde bucal para proteger os túbulos dentinários e reduzir o risco de hipersensibilidade dolorosa antes que se torne um problema. Lembre-se de seguir os cuidados diários adequados e ir regularmente ao dentista.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Quais são as diferentes partes de um dente?

Cada dente possui diversas partes distintas; a seguir, consta uma VISÃO GERAL de cada parte:

  • Esmalte – É a parte externa e mais dura do dente, que possui o tecido mais mineralizado do corpo. Pode ser danificado pela cárie se os dentes não forem cuidados adequadamente.

  • Dentina – É a camada do dente dentro do esmalte. Se a cárie conseguir passar pelo esmalte, em seguida, ataca a dentina – onde milhões de canais conduzem diretamente a polpa dental.

  • Polpa – É o tecido macio encontrado no centro de todos os dentes, onde o tecido nerval e os vasos sanguíneos estão localizados. Se a cárie dentária atingir a polpa, isso geralmente causa dor e pode necessitar de um procedimento de canal na raiz.