Bruxismo infantil: que sinais procurar e como tratar

bebê rangendo os dentes

Bruxismo, ou ranger os dentes, pode ser motivo de grande preocupação se esse rangido e essa pressão entre os dentes causarem desgaste no esmalte ou mesmo dores na articulação temporomandibular. O bruxismo infantil, acredite ou não, é bastante comum. A seguir, o que você precisa saber sobre bruxismo e o que você pode fazer pelos seus filhos.

Causas do bruxismo

Segundo a Fundação Nemours, 2/3 a cada 10 crianças têm bruxismo, sendo que a maioria acaba superando esse problema com o tempo. Não está exatamente claro o que causa o bruxismo, muito embora a existência de dentes desalinhados seja um fator suspeito. Em geral, as crianças rangem os dentes quando sentem dor ou para aliviar a ansiedade e o estresse. Apertar os dentes uns contra os outros e rangê-los pode ser indicativo de hiperatividade ou até uma reação a alguns remédios.

A princípio, o bruxismo pode causar dores de cabeça, dores de ouvido, dores faciais e problemas na articulação temporomandibular, o que não quer dizer que você não deva ficar de olho nos seus filhos para que eles não prejudiquem os dentes ou desgastem o seu esmalte. É importante saber se os seus filhos têm essa condição, mesmo se ainda estiverem com os dentes de leite.

Descubra se eles têm bruxismo infantil

Determinar se o seu filho ou a sua filha tem bruxismo pode ser complicado, porque o seu filho frequentemente não se dá conta de que está rangendo os dentes. Observe-o à noite para descobrir se ele está fazendo ruídos de rangido enquanto dorme ou pergunte a um dos irmãos que divide o quarto com ele. Se o seu filho reclama de mandíbula dolorida ou dor ao mastigar, esses podem ser sinais de bruxismo infantil.

O seu filho ou a sua filha se preocupa especialmente com algo ou se irrita com alguma coisa em específico? Se essas emoções coincidem com o som de rangido de dentes durante o sono, é hora de prestar atenção. Crianças experienciam muito estresse em geral, e você pode precisar lidar com a raiz do problema através de outros tratamentos médicos ou com intervenções para aliviar o estresse, como um banho morno ou colocar uma música suave antes de dormir.

O que fazer agora

Se você acredita que o seu filho ou a sua filha tem bruxismo infantil, agende um check-up com o dentista para fazer um diagnóstico mais preciso e iniciar um possível tratamento. O seu dentista pode inclusive pedir uma placa de mordida sob medida para ser usado durante a noite como prevenção para o ranger dos dentes e dor residual nas articulações temporomandibulares.

O bruxismo infantil resultante de estresse pode ser prevenido com o cuidado especial dos pais no manejo com o próprio estresse. A boa notícia é que a maioria das crianças, à medida que cresce, acaba perdendo essa tendência de ranger os dentes, porém no primeiro sinal de bruxismo é recomendado agendar uma consulta ao dentista, ele será o profissional apto a diagnosticar o problema, permitindo que você trate o problema da melhor maneira possível.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

A placa bacteriana é um conjunto de bactérias que se desenvolvem em seus dentes.

Quando a placa não é removida por meio da escovação e fio dental, ela se transforma em tártaro que possui uma superfície áspera e retentiva incentivando a formação de mais placa. Experimente um dos cremes dentais da Colgate com agentes antibacterianos.