Infecções dentárias graves

A casal tomando uma xicara de cafe

Nossos dentes têm vários nervos, e é por isso que uma dor de dente, embora afete apenas uma pequena área da boca, não é algo insignificante. A dor de dente pode ser debilitante e, em geral, é o resultado de um problema mais profundo. Uma infecção no dente pode ser a causa da dor de dente, resultando em sensibilidade, irritação ou dor aguda na boca. Entenda as causas comuns de uma infecção no dente e saiba como eliminar a dor com bons hábitos de higiene bucal e com a ajuda do dentista.

Sinais e sintomas

Um dente dolorido ou latejante é um dos primeiros sinais de algum problema. Se o dente não for tratado, o que seria um problema simples pode se tornar uma infecção, resultando em dor, vermelhidão, inchaço e febre alta - uma indicação de que o organismo está tentando combatê-la. Você também pode notar um gosto ruim na boca ou mau hálito que não desaparecem com a escovação ou o uso de um enxaguante bucal. Em alguns casos, talvez seja um dente quebrado, mas as infecções podem ficar ocultas na polpa dos dentes, sem nenhum sinal externo além de dor e inchaço.

Os sinais de que uma pequena cárie progrediu para uma infecção incluem:

  • Dor latejante no dente, maxilares ou pescoço.
  • Inchaço na bochecha.
  • Sensibilidade ao contato com frio ou calor.
  • Sensibilidade causada por pressão.
  • Febre.
  • Inchaço dos linfonodos no pescoço.

A Mayo Clinic adverte que, se você apresentar febre e inchaço ou tiver problemas para respirar ou engolir, deve procurar atendimento médico imediatamente. Esses são sinais de uma infecção grave que pode ter se espalhado pelo tecido ósseo dos maxilares e áreas adjacentes. Se possível, entre em contato com o dentista e solicite uma consulta no mesmo dia ou peça a ele um encaminhamento para um profissional que possa atendê-lo imediatamente. Se não for possível ser atendido por um dentista, vá ao pronto-socorro para atendimento.

Causas

A Associação Americana de Odontologia alerta que a maioria das infecções dentárias é resultado de cárie não tratada ou de um dente quebrado. Quando as bactérias penetram no esmalte dos dentes, podem infectar os nervos sensíveis da polpa, resultando em uma infecção comumente chamada de abscesso. Dentes com abscesso precisam ser tratados pelo dentista, e quanto mais tempo você esperar para procurar tratamento, mais complicada a infecção pode se tornar. Qualquer dente pode ter um abscesso, porque todos eles são formados por tecidos sensíveis, suscetíveis a infecções, embora, de acordo com a Scientific American, as pessoas com molares com sulcos profundos sejam mais suscetíveis à cárie. Em alguns casos, a infecção pode realmente atingir o tecido ósseo dos maxilares e resultar na necessidade de cirurgia oral extensa, por isso é importante marcar uma consulta assim que você suspeitar de uma possível infecção.

Opções de tratamento

Seu dentista precisará eliminar a infecção antes de reparar o dente. Esse procedimento é chamado de tratamento de canal. O tratamento de canal requer a perfuração do dente para acessar a área infectada; a polpa infectada é removida e o canal é limpo com uma solução antibacteriana e, em seguida, uma restauração é colocada sobre o dente para protegê-lo. Os canais radiculares podem ser menores ou maiores, dependendo de quanto tempo a infecção está ativa. O dentista também pode prescrever antibióticos para tratar a infecção.

Prevenção

Ninguém quer sofrer com a dor e o incômodo causados por uma infecção no dente; é por isso que a prevenção é uma parte tão importante do plano de tratamento odontológico. Nem sempre é possível evitar um dente quebrado, mas a cárie causada por maus hábitos bucais pode ser evitada. Escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia. A escovação e o uso do fio dental eliminam as bactérias que podem se infiltrar no esmalte dos dentes e causar cárie dentária. Você também pode evitar uma infecção consultando o dentista regularmente. O dentista pode usar raios-X para identificar possíveis cáries e pontos fracos e pode resolver pequenos problemas antes que se tornem infecções dolorosas.

Não deixe uma infecção grave atrapalhar sua vida. Se você notar esse sinal revelador de dor de dente, é melhor procurar tratamento e cuidar do problema o mais rápido possível; caso contrário, correrá o risco de a infecção piorar. Tenha bons hábitos de higiene bucal, pois isso ajudará a proteger seu sorriso de cáries e bactérias prejudiciais responsáveis por infecções dolorosas.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Dicas para lidar com a dor após a REMOÇÃO DE DENTES

Veja algumas dicas pra diminuir o desconforto e ter uma recuperação mais rápida:

  • Você pode colocar cubos de gelo no rosto para diminuir o inchaço. Alterne entre 20 minutos com gelo e 20 minutos sem gelo.

  • Coma alimentos macios e frios por alguns dias.

  • 24 horas antes da cirurgia, jogue água morna e sal. Use meia colher de chá de sal em um copo de água.

  • Você não deve fumar, utilizar canudos ou cuspir após a cirurgia. Essas ações podem empurrar o coágulo de sangue para fora do buraco onde o dente se encontrava.