Queilite angular: sintomas, riscos e tratamento

família sorrindo para foto de teléfono móvil

Ninguém imagina que sorrir pode ser uma experiência dolorosa, mas pode, se você tiver queilite angular. Essa inflamação começa com ressecamento, vermelhidão ou rachadura na pele em um ou nos dois cantos da boca. A pele sensível pode até fissurar e sangrar se o paciente abrir muito a boca, tornando desconfortável comer, beber e conversar. Esse problema pode ser causado por vários fatores, desde uma infecção fúngica ou deficiência de vitaminas a um simples ressecamento dos lábios.

 

Sintomas da queilite angular

A queilite angular (também chamada de boqueira, estomatite angular ou queilose angular) geralmente ocorre quando os cantos da boca ficam úmidos por um longo período. Quando a saliva seca, surgem o ressecamento e a irritação. Quando uma pessoa lambe repetidamente os lábios para aliviar o ressecamento, eles podem secar ainda mais e rachar, permitindo a entrada de bactérias e causando uma infecção. O ambiente úmido também pode propiciar o crescimento de fungos, resultando em candidíase, que causa coceira e ardência. As lesões na boca também podem parecer descamadas, esbranquiçadas, inchadas ou com bolhas.

 

Fatores de risco e causas da queilite angular

De acordo com o American Osteopathic College of Dermatology, essa condição pode afetar pessoas de qualquer idade, desde bebês a idosos. Pessoas com o sistema imunológico debilitado, como diabéticos ou portadores do HIV, são ainda mais vulneráveis. O site Dermatology Advisor lista outros fatores de risco, incluindo:

 

  • Acúmulo de saliva nos cantos da boca
  • Chupar o dedo
  • Dentaduras mal ajustadas
  • Algumas condições genéticas, como a síndrome de Down e a síndrome de Sjögren
  • Deficiências nutricionais, principalmente falta de vitamina B ou de ferro

Tratamento para queilite angular

Segundo o site Dermatology Advisor, dependendo da causa, o médico ou dentista poderá prescrever mudanças na dieta, suplementos vitamínicos ou antibióticos para tratar o problema. Não basta passar um pouco de hidratante labial e ignorá-lo. Um profissional de saúde poderá dizer se o problema está sendo causado por fungos, bactérias ou uma condição subjacente mais perigosa, como um distúrbio imunológico.

A queilite angular causada por Candida é frequentemente tratada com esteroides ou antibióticos em creme, assim como outras infecções fúngicas. Se você tiver objetos não comestíveis regularmente na boca ou nos lábios (como dentadura, cigarro ou aparelho), uma boa higiene bucal pode ajudar a manter os lábios e a boca limpos e livres de infecções. Tente manter a parte inferior do rosto seca e use um hidratante labial com fator de proteção solar (FPS), principalmente se o clima estiver frio, seco ou ensolarado.

É melhor consultar um médico ou dentista o mais rápido possível para que esse tipo de infecção seja tratado adequadamente. O tratamento precoce pode ajudar a curar uma infecção ou os sintomas em apenas alguns dias; portanto, não perca tempo esperando para sorrir novamente!

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS