Você Tem Um Dente Quebrado?

Alguns problemas dentários, como um dente perdido ou uma coroa quebrada são bastante difíceis de não perceber. E enquanto você imagina que um dente trincado também seria difícil ignorar, a verdade é que muitas pessoas têm dificuldade em detectar esse problema. Para reconhecer melhor uma trinca, dê uma olhada nas causas e sintomas mais comuns.

O que faz com que um dente trinque?

Vários comportamentos e incidentes podem levar a uma trinca. Em alguns casos, mastigar um objeto duro, uma bala ou um gelo pode ser a causa. Hábitos que às vezes estão relacionados ao estresse, incluindo o ranger dos dentes ou o apertar da mandíbula, também pode tornar seus dentes mais suscetíveis. Eventualmente, um acidente ou um trauma violento pode trincar um dente.

Quais são os sinais que indicam que seu dente está trincado?

A trinca do dente pode ser difícil de detectar simplesmente porque essas fraturas são muitas vezes invisíveis ao olho humano. Na verdade, as microtrincas podem até mesmo não aparecer nos radiografias (raio-x). Então, como saber se seu dente está trincado? Fique atento às dores localizadas que aparecem quando você morde um alimento ou expões seus dentes à temperatura quente ou fria.

Que medidas você deve tomar?

Existem vários tratamentos que o seu dentista pode usar para reparar um dente trincado, incluindo o adesivo, a coroa ou um tratamento de canal. O tipo de tratamento que seu dentista recomendar vai depender da localização e gravidade da fratura do dente, por isso é melhor agendar uma consulta assim que você suspeitar que possa ter uma trinca em seu dente.

ARTIGOS RELACIONADOS 

DENTE TRINCADO

Definição

A síndrome do dente trincado ocorre quando um dente possui uma trinca muito pequena para ser exibida nos raios X ou está sob a gengiva, sendo de difícil identificação. Ocorre com maior frequência nos dentes molares.

Sinais e sintomas

A maioria das pessoas que sofrem de síndrome do dente trincado sente dor ou desconforto ao morder alimentos, ou quando os dentes estão expostos a temperaturas altas ou baixas. A dor ou o desconforto não serão constantes, como ocorre com uma cárie.