Tipos incomuns de línguas e a aparência delas

duas-mulheres-sorrindo-com-a-língua-de-fora

A língua tem um papel importante no seu dia-a-dia. Você precisa dela para falar, engolir e identificar o sabor dos alimentos. De acordo com a PubMed Health, a língua é importante na produção de saliva, ajuda na mastigação e protege o resto do seu corpo contra bactérias ruins e outras bactérias. Uma língua anormal pode dificultar situações com as quais as pessoas estão acostumadas. Em muitos casos, doenças na língua podem ser facilmente tratadas, embora condições mais raras precisem de tratamento médico mais complexo.

Macroglossia

"Macroglossia" é outra forma de dizer "língua grande". Essa doença é bastante rara e geralmente ocorre junto com uma condição congênita ou se desenvolve como resultado de uma condição adquirida. Nos casos mais raros, a pessoa pode nascer com uma língua maior, algo considerado hereditário. Porém, a Organização Nacional para Distúrbios Raros dos Estados Unidos relata que existam apenas 50 casos registrados.

Se a macroglossia ocorrer por causa de outro fator, como o hipotireoidismo ou a tuberculose, o tratamento da condição poderá ajudar a diminuir o tamanho da língua. Cirurgia também é uma opção, e, em alguns casos muitos casos, diminuir cirurgicamente a língua, melhora a capacidade da pessoa para comer e falar, além de melhorar a aparência, segundo o Centro de informações sobre doenças genéticas e raras dos Estados Unidos.

1. Língua fissurada

A língua fissurada é outro tipo muito raro de anormalidade lingual, pelo menos nos Estados Unidos. Ela afeta somente 5% da população americana, mas pode chegar a mais de 21% no mundo todo. O sinal mais conhecido da língua fissurada é a presença de sulcos na superfície da língua. Os sulcos ou fissuras dão a língua uma aparência enrugada e texturizada.

A boa notícia é que, em geral, ela é uma patologia inofensiva. Sua língua talvez pareça diferente, mas isso não deve afetar o jeito que você fala e mastiga nem seu paladar. O problema mais comum entre pessoas que possuem essa patologia é uma sensação de ardor ao ingerir alimentos picantes e ácidos.

Os sulcos na língua podem proporcionar um ótimo lugar para as bactérias usarem como esconderijo, o que significa que é necessário ter atenção extra na hora de cuidar da higiene bucal se você tiver a língua fissurada. Escove os dentes após cada uma das refeições para remover pedaços de comida, placa e bactéria da língua e considere o uso de uma escova dental com design inovador para a limpeza de línguas e bochechas, como a Colgate® Slim Soft Advanced.

2. Língua pilosa negra

Por falar em manter a língua e o resto da boca limpos, esta é outra razão para ser cuidadoso com a sua higiene bucal. A língua pode desenvolver uma textura "pilosa" dente outros motivos, se você não escovar os dentes com frequência. Na realidade, não crescem pelos na língua pilosa negra. O aspecto "peludo" consiste no alongamento das papilas gustativas existentes na língua, conferindo a mesma um aspecto peludo. Já a coloração escura resulta do acúmulo de detritos, bactérias ou leveduras, explica a Academia Americana de Medicina Oral.

A língua pilosa negra pode parecer preocupante e talvez venha acompanhada de mau hálito ou paladar alterado. Escovar os dentes com frequência pode ajudar a sanar o problema. Se a textura pilosa persistir, procure seu dentista para que ele ajude a descobrir o que está acontecendo.

3. Cores alteradas da língua

Uma língua saudável tem cor rosada. Se a sua língua estiver com uma tonalidade diferente, pode ser sinal de que há algo de errado. Por exemplo, uma camada branca na língua pode ser um sintoma que vai desde boca seca até candidíase oral. Língua vermelha com textura macia pode ser um sinal de deficiência de niacina (B3), como informa o Centro Médico da Universidade de Marylandenquanto a língua de cor clara pode ser sintoma de anemia. Tratar a causa, seja uma infecção por fungos ou deficiência nutricional, pode ajudar a sua língua a ter de volta a saudável cor rosada.

Como está sua língua? Se você reparar que há algo incomum, fale com seu dentista. Ele pode ajudar você a identificar a causa e a recuperar a saúde de sua língua.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Quais são as diferentes partes de um dente?

Cada dente possui diversas partes distintas; a seguir, consta uma VISÃO GERAL de cada parte:

  • Esmalte – É a parte externa e mais dura do dente, que possui o tecido mais mineralizado do corpo. Pode ser danificado pela cárie se os dentes não forem cuidados adequadamente.

  • Dentina – É a camada do dente dentro do esmalte. Se a cárie conseguir passar pelo esmalte, em seguida, ataca a dentina – onde milhões de canais conduzem diretamente a polpa dental.

  • Polpa – É o tecido macio encontrado no centro de todos os dentes, onde o tecido nerval e os vasos sanguíneos estão localizados. Se a cárie dentária atingir a polpa, isso geralmente causa dor e pode necessitar de um procedimento de canal na raiz.