Glândula Submandibular: Localização, Função E Complicações

Menina com boca aberta para dentista verificar os seus dentes

A glândula submandibular é um dos três tipos de glândulas que suprem a boca com saliva. Os outros dois tipos de glândulas salivares são chamados de parótida e sublingual. A saliva desempenha um papel importante na mastigação e digestão de alimentos e na prevenção da cárie; por essa razão, os problemas nas glândulas salivares podem ter graves efeitos na saúde bucal.

Localização das glândulas submandibulares

As glândulas submandibulares consistem em duas glândulas do tamanho de uma noz, localizadas em ambos os lados da face, abaixo da mandíbula e à sua frente, na parte posterior da cavidade bucal. De acordo com a Academia Americana de Otorrinolaringologia - Cirugia de Cabeça e Pescoço (AAOHNS), a saliva sai das glândulas através dos ductos que emergem na parte inferior da língua, na região em que ela se une à boca.

Função das glândulas submandibulares

As glândulas submandibulares e as outras glândulas salivares são fundamentais para a digestão e a manutenção da saúde bucal. A saliva contém enzimas que começam a decompor os alimentos antes mesmo de chegarem ao estômago. Ela ainda umedece os alimentos para que deslizem facilmente pelo esôfago. Além disso, a saliva contém minerais que reduzem os níveis de ácidos nocivos na boca. Sem esse efeito protetor, os ácidos corroem o esmalte dos dentes e causam cárie.

Mesmo que sua saliva faça um ótimo trabalho protegendo o esmalte dos dentes, não custa nada melhorar ainda mais a saúde dele! Considere usar um enxaguante bucal sem álcool, que fortalece o esmalte dos dentes para ajudar a evitar a cárie, mesmo quando a escovação não for possível.

Complicações nas glândulas submandibulares

As complicações incluem obstrução, infecção, tumores e inchaço. Como explica a AAOHNS, podem se formar cálculos na glândula que impedem a liberação da saliva, causando inchaço e dor. Os sinais de uma glândula obstruída geralmente se manifestam quando a pessoa ingere alimentos ou bebidas. Quando a glândula está bloqueada, as bactérias podem crescer na saliva retida e causar uma infecção. As infecções também podem migrar dos linfonodos infectados localizados nas proximidades para as glândulas submandibulares.

Às vezes, tumores benignos e malignos se desenvolvem nas glândulas submandibulares, surgindo como áreas aumentadas ou inchaços. Pacientes com aumento das glândulas devem consultar um médico, principalmente se o inchaço for doloroso ou causar perda de movimento. Outras causas do aumento das glândulas submandibulares incluem síndrome de Sjögren, HIV, diabetes, artrite reumatoide e alcoolismo.

As glândulas submandibulares estão escondidas abaixo da mandíbula, e é fácil não dar a devida importância ao papel essencial que desempenham no fornecimento de saliva para a boca. Se você sentir desconforto ou inchaço nessas glândulas ou se sua boca estiver seca, fale com um dentista. Corrigir um problema em uma glândula submandibular melhorará sua saúde bucal geral.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

Quais são as diferentes partes de um dente?

Cada dente possui diversas partes distintas; a seguir, consta uma VISÃO GERAL de cada parte:

  • Esmalte – É a parte externa e mais dura do dente, que possui o tecido mais mineralizado do corpo. Pode ser danificado pela cárie se os dentes não forem cuidados adequadamente.

  • Dentina – É a camada do dente dentro do esmalte. Se a cárie conseguir passar pelo esmalte, em seguida, ataca a dentina – onde milhões de canais conduzem diretamente a polpa dental.

  • Polpa – É o tecido macio encontrado no centro de todos os dentes, onde o tecido nerval e os vasos sanguíneos estão localizados. Se a cárie dentária atingir a polpa, isso geralmente causa dor e pode necessitar de um procedimento de canal na raiz.