Conhecimentos Básicos Sobre Extração Dental

Um dos pontos mais comuns para desenvolvimento da cárie dentária é a superfície mastigatória dos dentes posteriores, também conhecidos como pré-molares e molares. Se você passar a língua sobre as superfícies mastigatórias, você perceberá sulcos ásperos. Os sulcos, chamados de fossas e fissuras, ajudam a triturar os alimentos.

A escovação e o uso de fio dental diariamente ajudam a remover partículas de alimentos e bactérias das superfícies lisas nas partes laterais dos dentes e dos espaços entre eles. No entanto, fossas e fissuras são muito mais difíceis de manter limpas. As cerdas da escova não alcançam os sulcos microscópicos para remover partículas diminutas de alimento ou placa dental bacteriana.

Como as fossas e fissuras são difíceis de manter limpas, seu dentista pode recomendar protegê-las com selante dental, um revestimento plástico especial que recobre e sela as superfícies mastigatórias. O selante age como uma barreira, protegendo o esmalte dental contra as bactérias e os ácidos da placa bacteriana.

Os dentistas têm usado selantes para proteger os dentes há várias décadas. Eles são seguros e eficazes na prevenção da cárie dentária. A probabilidade de desenvolver cárie dentária nas superfícies mastigatórias começa logo cedo, de forma que crianças e adolescentes são candidatos óbvios para os selantes. Adultos também podem se beneficiar com os selantes, porque crescer não significa ficar livre da cárie dentária.

Novas pesquisas mostram que os selantes dentais não apenas protegem os dentes saudáveis da cárie dentária, mas também podem interromper o processo carioso em seu estágio inicial, selando as bactérias e evitando uma cavidade que, caso contrário, precisaria de uma restauração (obturação).

O procedimento é simples e rápido, com pouco ou nenhum desconforto. Primeiro, o dentista limpa minuciosamente e prepara os dentes a serem selados. Então, o dentista aplica o selante na superfície mastigatória do dente, onde esse liga-se ao esmalte. Ele pode usar uma luz especial para ajudar o selante a endurecer. O procedimento requer apenas uma consulta rápida.

Desde que o selante permaneça intato, a superfície mastigatória do dente estará protegida da cárie dentária. Os selantes, que agüentam firme a incrível força da mastigação diária, podem durar anos antes que uma reaplicação seja necessária. Porém, nenhuma boca é igual a outra, e a mastigação pode causar desgaste nos selantes em diferentes proporções.

As consultas odontológicas regulares são importantes para que seu dentista possa checar o selante e reaplicar se necessário. Converse com seu dentista para saber se os selantes dentais podem ajudar a proteger seus dentes.

© 2018 Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

ARTIGOS RELACIONADOS 

O que esperar durante um procedimento com SELANTE?

A colocação de selante dentais é geralmente indolor e não precisa de perfuradores ou medicamentos anestesiantes.

  1. Primeiro, durantea preparação do dente , o dentista vai polir a superfície da raiz para remover a placa dos restos de alimentos das superfícies oclusais. Em seguida, irá isolar e secar o dente. Depois, vai cauterizar a superfície do dente, enxaguar o material cauterizante e secar o dente.

  2. Aplicação do selante – O dentista vai aplicar o material selante na superfície do dente com uma escova; uma luz de autoendurecimento será utilizada por, aproximadamente, 30 segundos para unir o selante a superfície do dente.

  3. Avaliação – Finalmente, o dentista vai avaliar o selante dental e verificar sua oclusão. Uma vez que o selante dental foi fortificado, ele se torna um revestimento plástico duro, e você pode mastigar com esse dente novamente.

Os dentes estão selados. E agora?

A escovação ainda é importante, mesmo com os selantes. Experimente um desses produtos para ajudar a manter seus dentes limpos e saudáveis.