Anatomia da Boca e dos Dentes

Introdução

Embora a boca seja uma pequena parte de nossa anatomia geral, ela está repleta de peças e elementos que atuam em conjunto para ajudá-lo a comer, beber, falar e manter um sorriso radiante. Confira a seguir uma visão geral da boca:

Incisivos
Os dentes frontais afiados, em forma de cinzel (quatro superiores, quatro inferiores) são utilizados para cortar alimentos.

Caninos
Por vezes chamados presas, esses dentes possuem a forma pontuda e são utilizados para rasgar e segurar alimentos.

Pré-molares 
Esses dentes possuem duas cúspides pontudas em sua superfície de mordida. Os pré-molares servem para esmagar e rasgar alimentos.

Molares 
Utilizados para moer e mastigar alimentos, esses dentes possuem várias cúspides na superfície de mordida para auxiliar nesse processo.

Coroa 
Essa é a parte superior do dente e a única parte que você consegue ver normalmente. A forma da coroa determina a função do dente. Por exemplo, os dentes frontais são afiados e com forma de cinzel para cortar, enquanto molares possuem superfícies planas para moer e mastigar.

Gengiva
É o tecido mole que reveste os dentes. Sem escovação e uso apropriado do fio dental, a placa (biofilme dental) pode se acumular na gengiva, causando gengivite e doença periodontal.

Raiz
Equivale a dois terços do dente e está envolvida por osso, servindo de âncora para manter o dente no lugar.

Esmalte
+ O esmalte é a parte externa e mais resistente do dente, que possui o tecido mais mineralizado do corpo. Pode ser danificado por cárie caso o dente não seja tratado apropriadamente.

Dentina
A camada do dente abaixo do esmalte. Se a cárie atravessar o esmalte, ela, em seguida, atacará a dentina, onde milhões de microtubos ligam-se diretamente à polpa do dente.

Polpa
O tecido mole encontrado no interior de todos os dentes, onde a polpa dental e os vasos sanguíneos se localizam. Caso a cárie atinja a polpa, você sentirá dor e um procedimento de canal pode ser necessário.

Compreensão

Graças a um melhor cuidado bucal em casa e a tratamentos em consultórios, mais pessoas estão preservando seus dentes por toda suas vidas. Algumas doenças e problemas de saúde podem fazer com que doenças dentárias e perda de dentes sejam algo comum. No entanto, a maioria das pessoas possui controle sobre a higiene bucal, sendo capazes de manterem seus dentes até a velhice.

Placa (biofilme dental) — uma camada pegajosa de bactérias que se forma sobre os seus dentes, gengiva e restaurações dentárias e que pode causar gengivite, que é uma inflamação do tecido da gengiva, ou cárie dentária. As bactérias das placas se relacionam com os alimentos que comemos para formar ácidos que causam cárie. A placa (biofilme dental) também pode causar doença periodontal (na gengiva) que pode se tornar uma séria infecção, capaz de danificar o osso e de destruir os tecidos de apoio ao redor dos dentes.

A melhor forma de proteção é remover a placa (biofilme dental) antes que ela tenha a chance de causar problemas. A escovação dos dentes remove a placa (biofilme dental) da margen da gengiva, abaixo dela e na superfície de seu dente. O fio dental remove a placa (biofilme dental) entre a margem da gengiva e abaixo dela também.

O melhor que você pode fazer é escovar os dentes e passar o fio dental todos os dias.

Planejamento

Além de proporcionar boa aparência e bem-estar, dentes saudáveis também possibilitam alimentação e fala apropriada. Uma boa saúde bucal é importante para o seu bem-estar em geral.

O cuidado preventivo diário, incluindo escovação e uso apropriado de fio dental, ajuda a interromper os problemas antes que se desenvolvam e é muito menos doloroso, caro e preocupante do que lidar com uma doença depois que ela progrida.

Entre as consultas regulares ao dentista, há medidas simples que cada pessoa pode tomar para reduzir bastante o risco de desenvolver cárie, doença gengival e outros problemas dentários, incluindo:

Escovar os dentes com atenção três vezes ao dia por dois minutos e passar o fio dental uma vez ao dia.

Manter uma dieta balanceada e reduzir os lanches entre as refeições.

Usar creme dental com flúor.

Usar enxaguante bucal antibacteriano com flúor, de acordo com a recomendação de seu dentista.