Limpeza de dente profissional: Quando fazer?

amigas sorrindo depois de uma limpeza de dente

Uma limpeza profissional é realmente um procedimento específico realizado por um dentista para tratar a gengiva e doença periodontal.

A necessidade de limpeza dentária profissional

Quando você for ao dentista, ele irá utilizar um instrumento chamado sonda para examinar a área ao redor de seus dentes, para ver se você tem alguma bolsa periodontal (área entre o dente e a gengiva onde as bactérias crescem). A profundidade do tecido gengival entre os dentes e as gengivas são chamados de bolsas quando tem cinco milímetros de tamanho ou mais. A American Academy of Periodontology recomenda que todos os adultos passem por avaliação periodontal todo ano para determinar se algum tratamento adicional é necessário. Medir a profundidade da bolsa é somente uma parte de uma avaliação odontológica abrangente.

Idealmente, bolsas periodontais saudáveis e normais não terão mais do que 3 milímetros de profundidade, segundo o National Institute of Dental and Craniofacial Research (NIDCR). Se elas forem maiores que 5 milímetros, seu dentista pode tanto prescrever quanto realizar uma raspagem profunda e um procedimento de polimento radicular.

Processo de limpeza no consultório

A limpeza de dente profissional também é conhecida no mundo afora como raspagem e aplanamento radicular. Ainda de acordo com o NIDCR, a raspagem envolve a remoção de tártaro e placa bacteriana da superfície dos dentes e da área da bolsa entre os dentes e gengivas. O dentista pode realizar raspagem e aplanamento radicular usando tanto instrumentos eletrônicos ultrassônicos ou ferramentas manuais de raspagem.

A outra parte da limpeza dentária profunda é o polimento radicular. O profissional de odontologia utilizará um instrumento de raspagem para remover a placa bacteriana e o tártaro da superfície das raízes dos dentes. Os procedimentos de raspagem e polimento radicular vão exigir no mínimo duas sessões no consultório para serem concluídos, e uma visita de acompanhamento pode ser necessária para confirmar que suas gengivas e dentes estão ficando mais saudáveis e que não há profundidade excessiva bolsa periodontal.

Cuidados após a raspagem e polimento radicular

Idealmente, após esta sessão de limpeza profissional, as bactérias nas bolsas periodontais serão removidas e a gengiva deve tornar-se mais saudável nas semanas seguintes, caso a pessoa esteja realizando a higiene bucal diária. Os melhores cremes dentais de limpeza que seu dentista pode recomendar são os da linha Colgate Total. Caso um enxaguante bucal seja necessário, ele poderá prescrever um enxaguante bucal antibacteriano, tal como Colgate® PerioGard®, para reduzir a quantidade de bactéria na sua boca.

Se uma raspagem profunda e 3 visitas mensais ao dentista não forem o suficiente para reverter a doença periodontal, seu dentista poderá encaminhá-lo a um periodontista pode ser necessário, para seja estudada a possibilidade um tratamento cirúrgico.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

O que esperar durante a VISITA AO DENTISTA

Em sua primeira visita, o dentista vai verificar o histórico de saúde dental completo. Em visitas de acompanhamento, se o seu status de saúde for modificado, não se esqueça de contar ao seu dentista. A seguir, está o que você pode esperar durante a maioria das visitas ao dentista.

  • Limpeza minuciosa – O dentista vai raspar ao longo e abaixo da margem gengival para remover a placa bacteriana e o tártaro formado que pode causar doenças da gengiva, cárie, mau hálito e outros problemas. Em seguida, ele vai polir e utilizar o fio dental em seus dentes.

  • Exame dental completo – Seu dentista vai realizar um exame minucioso em seus dentes, gengiva e boca, observando sinais de doenças ou outros problemas.

  • Raios X – Raios X podem diagnosticar problemas de outra forma não observáveis, como danos as mandíbulas, dentes impactados, abscesso, cistos ou tumores e cárie entre os dentes.