Mulher recebendo tratamento de clareamento ultravioleta em um consultório

O clareamento dental UV é seguro?

Todo mundo merece ter um sorriso bonito e saudável. Por isso, muitos produtos caseiros disponíveis no mercado ajudam a cuidar dos dentes amarelados ou manchados para conseguir um sorriso brilhante. Há um produto branqueador de dentes que ganhou atenção na última década entre as celebridades e influenciadores, que é de alta tecnologia: um kit branqueador de dentes UV caseiro. Para matar a sua curiosidade, trazemos aqui alguns detalhes sobre a segurança e a eficácia desses tipos de produtos. Assim, você pode saber melhor como eles funcionam e fazer as perguntas certas ao(à) dentista na sua próxima visita ao consultório.

Como o clareamento dental UV funciona

Esses kits são semelhantes a um tratamento comum de clareamento dental no consultório, que envolve:

  • A aplicação de um gel clareador à base de peróxido nos dentes,
  • E a aplicação de uma luz azul ultravioleta sobre os dentes.

Juntos, o gel e a luz criam um sistema que pode agilizar o processo de clareamento dos dentes. No consultório, quando ativados por uma fonte de luz, os agentes clareadores acabam por acelerar o processo de branqueamento e os resultados são mais imediatos, como mostra esse conteúdo da revista RFO. E o kit caseiro, como funciona?

Um kit caseiro funciona de maneira semelhante: normalmente você aplica um gel clareador nos dentes com uma caneta e, em seguida, usa uma luz LED portátil sobre os dentes por alguns minutos durante um período de dias. Esses kits geralmente têm preço mais alto do que outras soluções de clareamento caseiro, como o creme dental ou as tiras de clareamento.

E como é a segurança dos kits de clareamento dental UV?

Já que é possível usar essa tecnologia em casa, você pode estar se perguntando: o clareamento dental com raios UV é seguro? Como mostra a Revista Odonto, o clareamento de consultório, os agentes clareadores são ativados pela luz de LED ou até laser, e o clareamento caseiro são um tratamento. Por isso, devem ser realizados com a indicação e supervisão de um profissional, que saberá te dizer quais são as melhores combinações das técnicas.

Um outro ponto importante: os produtos de clareamento UV caseiro devem seguir as normas da vigilância sanitária para poderem ser vendidos. Ou seja, preste atenção nas embalagens antes de comprar. Por exemplo: desde 2015, os clareadores dentais com concentração acima de 3% de peróxido de hidrogênio só podem ser vendidos no Brasil com a apresentação de uma prescrição profissional, por decisão da Anvisa. Além disso, como destaca o Conselho Regional de Odontologia do Paraná, as agências reguladoras nos Estados Unidos e Europa já reforçaram os riscos provenientes do uso abusivo de produtos de clareamento dental de livre acesso. Só para te dar outro exemplo: na Europa, os kits não podem conter mais de 0,1% de peróxido. Sem contar que alguns kits vendidos pela internet podem ter ingredientes adicionais, além do peróxido de hidrogênio, que são potencialmente prejudiciais.

Diante disso, vale a pena usar os kits de clareamento UV em casa? Como você viu, esses kits são bem diferentes de uma pasta de dente branqueadora. Por isso, além de pesquisar com cuidado, você precisa falar com o(a) dentista antes de comprar. Isso é muito importante para evitar riscos desnecessários.

Afinal, você pode exagerar no uso sem uma orientação correta, por exemplo, o que pode causar danos aos dentes e até queimaduras. Além disso, a proporção de gel para exposição aos raios UV varia de kit para kit. Ou seja, mais um motivo para o(a) dentista te ajudar a saber qual pode ser o seu limite sem você sentir o incômodo desnecessário por causa da sensibilidade. Aplicar muito gel de uma só vez pode fazer com que o produto conduza muito calor da luz UV, causando até queimadura na gengiva, por exemplo.

E se eu me machucar com um kit de clareamento UV caseiro?

Se você sofreu alguma lesão usando um kit de clareamento UV, fale com o(a) dentista na sequência para saber como agir. Essa é a primeira medida para saber quais são as melhores atitudes na sequência. Também é importante ter a caixa e os produtos em mãos para compartilhar informações, caso o(a) dentista te pergunte detalhes para entender melhor a gravidade ou não do ferimento. Com essa sua ajuda, ele(a) poderá ajudar a determinar o melhor tratamento.

E o que você também precisa ter em mente é que existem outros métodos seguros e eficazes de clareamento caseiro disponíveis — e que também são econômicos! Vamos ver quais são?

Alternativas de clareamento dental

Se você quiser branquear os dentes em casa, a boa notícia é que existem mais opções, além dos kits com UV. Uma delas é o creme dental que tenha um ingrediente clareador, como o peróxido de hidrogênio. Você pode usar um creme dental branqueador todos os dias para um branqueamento contínuo que se torna parte de sua rotina de higiene bucal — sem a necessidade de etapas extras. As tiras de clareamento e canetas também são opções, embora você deva consultar o(a) dentista para garantir que esse seja o método mais seguro para suas necessidades. Embora esses métodos não sejam tão rápidos quanto um tratamento com UV no consultório ou em casa, você tem a tranquilidade de saber que eles são seguros. Mas, de novo: sempre consulte o(a) dentista antes de escolher uma opção para ter a certeza de que está usando produtos certos para você e a sua saúde bucal.

Para resumir: use com segurança

Com o tratamento em casa certo ou mesmo um tratamento através do seu(sua) dentista, você pode obter o sorriso brilhante e mais branco sem riscos.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.