Dicas importantes para a cicatrização ao extrair dentes do siso

raios-x da boca

Se o dentista recomendar a extração dos dentes do siso, também conhecidos como dentes do juízo, não entre em pânico – você não perderá o juízo após a extração. De fato, quando os dentes do siso, também conhecidos como terceiros molares, começam a afetar sua saúde bucal, a extração é a decisão mais sábia que você pode tomar. Para não arriscar, você deve seguir todas as instruções de cuidados após a cirurgia para ter uma cicatrização adequada e evitar complicações.

Por que os cuidados após a extração são tão importantes?

Nos Estados Unidos, de acordo com a Academy of General Dentistry (AGD), milhões de americanos extraem os dentes do siso todos os anos. Podem ocorrer sangramento temporário, desconforto, inchaço e hematoma após a cirurgia, mas a maioria dos pacientes se recupera rapidamente. No entanto, você deve saber que alveolite seca é a complicação cirúrgica evitável mais comum.

A alveolite seca ocorre quando o coágulo sanguíneo recém-formado no alvéolo se desloca ou desintegra, expondo terminações ósseas e nervosas. Além de dor intensa, os sintomas da alveolite seca descritos pela Mayo Clinic incluem mau hálito e gosto desagradável na boca, exposição do osso no alvéolo, inchaço de linfonodos no pescoço e febre baixa.

Para evitar possíveis problemas após a extração dos dentes do siso, você deve seguir algumas instruções para ajudar na cicatrização:

Inchaço

Aplique compressas de gelo sobre a bochecha, na região do dente extraído, de forma intermitente (20 minutos com a compressa, 20 minutos sem a compressa) por até dois dias para minimizar o inchaço, hematomas ou qualquer desconforto. Se o dente estava infeccionado antes da extração, o dentista pode pedir que você aplique compressas quentes, em vez de gelo.

Sangramento

É normal ocorrer um pouco de sangramento, por isso mantenha uma gaze sobre o local da extração por 30 minutos após a cirurgia. Para sangramento mais intenso, a Conestoga Oral & Maxillofacial Surgery sugere que você morda uma gaze ou a pressione com os dedos sobre o local da extração por 30 minutos antes de removê-la. Uma alternativa é usar um saquinho de chá umedecido pelo mesmo período de tempo. O ácido tânico no chá contrai os vasos hemorrágicos, ajudando a coagular o sangue.

Cuidados bucais

Evite comer, beber e conversar pelas duas primeiras horas após a cirurgia e planeje descansar pelo resto do dia. Para evitar o deslocamento do coágulo sanguíneo, não faça bochechos vigorosos nem use canudo ao tomar líquidos. Além disso, evite exercícios rigorosos por alguns dias, além de fumar ou cuspir excessivamente no dia da cirurgia ou enquanto houver sangramento. Após 12 horas, você pode fazer bochechos suaves com um enxaguante bucal diluído ou com água salgada. Escove os dentes cuidadosamente na noite da cirurgia, mas evite o local da extração da melhor maneira possível.

Dieta

Depois que o sangramento parar, beba muito líquido morno ou frio para manter-se hidratado. Faça suas refeições regularmente, conforme recomendado pelo Reading Oral Surgery Group, mas comece com líquidos claros e alimentos moles. Pudins, gelatinas, ovos, purê de batatas e cereais cozidos são boas escolhas, assim como legumes, carnes e frutas batidos no liquidificador. Para evitar o deslocamento do coágulo, a AGD adverte contra o consumo de bebidas gaseificadas e de alimentos como pipoca, amendoim e macarrão, que podem deixar partículas no alvéolo.

Medicamentos

Tome os analgésicos e antibióticos prescritos para a infecção exatamente como indicado pelo dentista. E lembre-se, se você estiver tomando um forte analgésico opioide, não deve dirigir ou operar máquinas e deve evitar bebidas alcoólicas.

Quando ligar para o dentista

A dor e o inchaço costumam melhorar com o passar dos dias, mas ligue para o dentista se tiver um dos sintomas a seguir:

  • Inchaço que piora em vez de melhorar.
  • Sangramento excessivo que não diminui com a pressão.
  • Dor intensa e latejante três a quatro dias após a cirurgia.
  • Febre alta e persistente.

Se você extraiu um ou os quatro dentes do siso, lembre-se que o dentista sabe o que deve ser feito evitar complicações; você só precisa ter juízo para ouvi-lo.

Este artigo tem como objetivo informar e difundir o conhecimento sobre tópicos gerais de saúde bucal. Esse conteúdo não deve substituir a orientação, o diagnóstico nem o tratamento profissional. Sempre procure a orientação do seu dentista ou de outro especialista para quaisquer dúvidas que você possa ter com relação à sua condição médica ou ao seu tratamento.

ARTIGOS RELACIONADOS 

O que esperar da remoção de DENTES DO SISO

Se os dentes do siso forem impactados e incorporados ao osso, o cirurgião dentista fará uma incisão na gengiva e removerá o dente ou dentes nas seções, com o objetivo de diminuir a quantidade de ossos sendo removidos.

Após a cirurgia, inchaço e sensibilidade no rosto e pescoço são comuns, assim como hematomas. Bolsas de gelo e medicamentos para a dor prescritos pelo dentista ou cirurgião dentista podem ajudar a aliviar a dor.

Você tem praticado uma boa higiene bucal após a cirurgia?

Se você extraiu seu dente do siso recentemente, é importante manter a sua boca limpa, mesmo depois que ela cicatrizar. Experimente usar Colgate Periogard para uma melhor recuperação pós-operatória.