Tratamento dentário essencial é seguro para mulheres grávidas

Mulheres grávidas podem se submeter ao tratamento dentário essencial com segurança e receber anestésicos tópicos e locais da 13ª à 21ª semana de gestação, afirma estudo publicado em uma edição recente do The Journal of the American Dental Association.

Embora os obstetras geralmente considerem o tratamento dentário seguros para as gestantes, faltavam evidências de experimentos clínicos que corroborassem o fato. Para abordar essa questão, pesquisadores compararam resultados de segurança do Obstetrics and Periodontal Therapy Trial, no qual mulheres grávidas receberam raspagem e alisamento radicular e tratamento dentário essencial, que é definido como tratamento de cavidades moderadas a graves ou dentes fraturados ou abscedado.

Os pesquisadores distribuíram aleatoriamente 823 mulheres grávidas com periodontite para receber raspagem e alisamento radicular no período da 13ª a 21ª semana de gestação ou até três meses após o parto. Especialistas recomendam que as gestantes adiem o tratamento eletivo antes da oitava semana de gestação e durante o final da gravidez. Os pesquisadores determinaram que 483 dessas mulheres também necessitavam de tratamento dentário essencial. Trezentas e cinqüenta e uma dessas mulheres completaram todo o tratamento recomendado.

Durante o experimento, enfermeiras obstétricas revisaram as fichas médicas para monitorar as pacientes para detecção de eventos adversos. Os autores definiram esses eventos como gestações que terminaram em bebês natimortos e outros eventos adversos que não resultaram em término anormal da gravidez, incluindo hospitalizações por mais de 24 horas em decorrência de dores do parto, hospitalizações por qualquer outra razão, anomalias fetais ou congênitas e mortes neonatais.

Os resultados do estudo mostraram que “o tratamento periodontal e o tratamento dentário essencial, administrados em um período entre a 13ª e a 21ª semanas de gestação, não aumentam significativamente o risco de nenhum dos resultados adversos avaliados”, escrevem os autores. “O uso de anestésicos tópicos e locais para raspagem e alisamento radicular também não esteve associado com um risco aumentado de ocorrência desses eventos e resultados adversos”.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

A gengiva inflamada está estragando seu dia?

Gengiva inflamada não é brincadeira; ainda bem que a Colgate possui respostas para você. Experimente um de nossos produtos para ter gengiva saudáveis.