Menos de 1% das crianças visitam o dentista na idade recomendada

Na pesquisa publicada em um importante periódico científico, o Journal Pediatrics, menos de 1% do total de 2.505 crianças que participaram do estudo, consultou pela primeira vez um dentista quando tinham até um ano de idade, e menos de 2% visitou pela primeira vez um dentista quando tinham até 2 anos de idade.

Sete autores desenvolveram o estudo, "Fatores associados a tratamentos odontológicos na infância", em nome da TARget Kids! (The Applied Research Group for Kids!), uma colaboração entre o Hospital de St. Michael's e o Hospital for Sick Children, ambos localizados em Toronto, Canadá. O estudo ainda contou com a colaboração de mais três pesquisadores da Universidade de Toronto, do departamento de odontopediatria. As crianças, por volta dos 4 anos de idade, tiveram seus educadores pesquisados entre Setembro de 2011 e Janeiro de 2013.

O estudo concluiu que nas famílias de baixa renda, as crianças usavam por mais tempo mamadeira, apresentavam maior ingestão de bebidas açucaradas e não visitavam o dentista. Das crianças que tinham ido ao dentista, 24% delas apresentaram pelo menos uma lesão cavittada de cárie.

Todavia, o estudo apresentou algumas limitações. Os pesquisadores não discriminaram no estudo se as consultas odontológicas tinham objetivo restaurador ou preventivo. Não houve como saber a quantidade de cárie nas crianças que nunca visitaram o dentista. Outro ponto foi que os hábitos de higiene bucal e a dieta não foram acompanhadas.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

Cuidar da higiene bucal pode ser divertido!

Confira as dicas, jogos e vídeos oferecidos por Colgate Tandy para manter a higiene bucal das crianças em dia.