É hora de voltar às aulas? Lembre-se da saúde bucal das crianças

Enquanto as crianças de todo o país se preparam para o novo ano escolar que se aproxima, dentistas e pediatras aconselham os pais a estimular lanches mais saudáveis.

As crianças estão consumindo quantidades cada vez maiores de refrigerantes que podem aumentar o risco de obesidade e de doenças dentais, segundo a American Dental Association (ADA) e a American Academy of Pediatrics (AAP). As organizações de saúde estão recomendando que os pais estimulem seus filhos a consumir bebidas nutritivas, tanto na escola quanto em casa.

Crianças e jovens com idades entre 6 e 19 anos consomem volumes significativamente maiores de refrigerantes do que de leite ou suco todos os dias. Meninos e meninas adolescentes estão bebendo duas vezes mais refrigerantes do que leite e um terço dos meninos bebem pelo menos três latas ao dia. O consumo de leite, a principal fonte de cálcio na dieta típica americana, diminui conforme os refrigerantes se tornam a escolha favorita das crianças.

"As bebidas adocicadas são a principal fonte de açúcar adicionado na dieta diária das crianças", diz Renee Jenkins, M.D., vice-presidente da AAP. "Cada porção de 350 ml de uma bebida gaseificada e adoçada contém o equivalente a dez colheres de chá de açúcar. Os pais não apenas deveriam desestimular seus filhos a beber refrigerantes como também deveriam dar o bom exemplo, escolhendo eles também bebidas mais saudáveis".

Os dentistas há muito tempo reconhecem que a boa nutrição tem uma ligação direta com a boa saúde bucal, segundo a dra. Kimberly Harms, da orientação ao consumidor da ADA.

"Quando os dentes entram em contato freqüente com refrigerantes adocicados e outras substâncias contendo açúcar, o risco de cárie dental, que é a doença mais comum da infância, aumenta, bem como aumenta o potencial de erosão do esmalte dental", explica a dra. Harms. "Crianças e adolescentes são mais suscetíveis à cárie provocada por refrigerantes porque seu esmalte dental ainda não está totalmente desenvolvido".

As máquinas de vender das escolas e alguns arranjos contratuais com fornecedores influenciam os padrões de consumo da juventude e aumentam o acesso aos refrigerantes, dizem a ADA e a AAP. As organizações condenam esses arranjos que têm como alvo crianças e estimulam o consumo de refrigerantes.

Pediatras e dentistas recomendam que as crianças escolham bebidas que hidratem e contribuam com a boa nutrição, tais como suco de frutas não adoçados, leite semi-desnatado, desnatado ou com sabor, sucos de vegetais e água.

Na promoção da boa saúde, os pais também são estimulados a fazer dos exames dentais uma parte regular da rotina de volta às aulas, que inclui a realização de todos os exames de saúde e as imunizações necessárias a tempo para o novo ano escolar.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

Cuidar da higiene bucal pode ser divertido!

Confira as dicas, jogos e vídeos oferecidos por Colgate Tandy para manter a higiene bucal das crianças em dia.