Fungo oral causa infecção bucal comum

Se você quer evitar ou controlar uma infecção comum popularmente conhecida como sapinho, você tem mais uma razão para visitar seu dentista, especialmente se você tiver diabetes, usar prótese ou tiver algum problema com o sistema imunológico.

Também chamada de candidíase, a infecção fúngica causa pontos brancos doloridos na língua ou na face interna das bochechas. As lesões podem sangrar ligeiramente quando raspadas ou quando você escova os dentes. Algumas vezes, a candidíase bucal espalha-se para o céu da boca, gengivas, amídalas ou parte posterior da garganta.

É comum entre usuários de prótese total e ocorre mais freqüentemente em pessoas muito jovens, idosas, debilitadas por doença ou com distúrbios do sistema imunológico. As pessoas que têm síndrome da boca seca também são mais susceptíveis à candidíase. A Cândida também pode se desenvolver após tratamento com antibióticos, que podem reduzir as bactérias normais da boca.

Para a maioria das pessoas, o controle se concentra na prevenção das condições que causam o surto. A boa higiene bucal é essencial. Os dentes devem ser escovados e o fio dental deve ser usado com a freqüência recomendada pelo seu dentista. As próteses devem ser removidas e higienizadas antes de dormir.

Se você for um adulto saudável com candidíase, você pode ser capaz de controlar a infecção consumindo iogurte sem açúcar ou tomando acidófilos na forma de cápsulas ou líquido. Os acidófilos estão disponíveis em lojas de alimentos naturais e muitas farmácias. Algumas marcas precisam de refrigeração para conservar sua eficácia. O iogurte e os acidófilos não destroem os fungos, mas ajudam a restaurar a flora bacteriana normal do seu corpo. Se isso não resolver, seu médico ou dentista podem prescrever uma medicação antifúngica.

As seguintes medidas podem ajudar a reduzir seu risco de desenvolver candidíase bucal ou outras infecções por Cândida:

  • Tente consumir iogurte ou cápsulas de acidófilos quando tomar antibióticos;
  • Se você fuma, pergunte ao seu médico as melhores maneiras de abandonar o hábito;
  • Consulte seu dentista regularmente – pelo menos a cada seis ou 12 meses – especialmente se você tiver diabetes ou usar próteses. Escove os dentes e passe fio dental conforme seu dentista recomendar; e
  • Tente limitar a quantidade de açúcar e alimentos que contêm levedura que você ingere, incluindo pães, cerveja e vinho. Esses alimentos podem estimular o crescimento de Cândida.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.