Tratamento da doença periodontal: raspagem e alisamento radicular

A doença periodontal geralmente é indolor e você pode não saber que tem um problema até que suas gengivas e osso de suporte estejam seriamente comprometidos. A boa notícia é que as doenças periodontais podem freqüentemente ser tratadas nos estágios iniciais com raspagem e alisamento radicular. Durante um exame clínico, o dentista examina suas gengivas para verificação de problemas periodontais. Um instrumento chamado de sonda periodontal é usado para medir delicadamente a profundidade dos espaços entre seus dentes e gengivas.

No bordo da linha da gengiva, o tecido gengival saudável forma um sulco bastante raso com formato em “V” (chamado de sulco gengival) entre o dente e a gengiva. A profundidade do sulco normal deve ser de 2 mm ou menos. Nas doenças periodontais, o sulco se desenvolve em uma bolsa mais profunda que acumula mais bactérias provenientes da placa e é difícil de manter limpa.

Em caso de diagnóstico de doença periodontal, seu dentista pode realizar o tratamento ou pode encaminhá-lo para um periodontista, que é um dentista especializado no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças periodontais. O tratamento geralmente depende do grau de progressão da doença e da resposta do seu corpo à terapia.

Raspagem e alisamento é um método de tratamento da doença periodontal usado quando as bolsas são maiores do que 2 mm. A raspagem é usada pra remover a placa e o tártaro ou cálculos dentários que estão abaixo da linha da gengiva. Um anestésico local pode ser aplicado para reduzir o desconforto.

Utilizando um instrumento chamado de raspador ou um limpador ultra-sônico, o dentista cuidadosamente remove placa e tártaro de toda a profundidade de cada bolsa periodontal. As superfícies da raiz do dente são, então, alisadas ou planificadas. Esse procedimento permite que o tecido gengival cicatrize e também dificulta o acúmulo de placa sobre as superfícies radiculares.

Seu dentista pode recomendar, prescrever e administrar medicações para ajudar a controlar a infecção e dor ou para facilitar a cicatrização. Numa consulta de acompanhamento, o dentista verifica a cicatrização das gengivas e a diminuição das bolsas periodontais. Quando persistem bolsas maiores do que 2 mm após o tratamento, medidas adicionais podem ser necessárias.

Você receberá instruções sobre os cuidados a serem tomados com os dentes e as gengivas que estão cicatrizando. Manter uma boa higiene bucal e fazer acompanhamento continuado com o dentista por toda a vida, são importantes para ajudar a evitar a doença periodontal e a possibilidade de  sua recorrência.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

A forma simples de ajudar a prevenir a doença periodontal

A doença periodontal é causada quando a placa não é removida na escovação ou no uso do fio dental diariamente. Experimente uma de nossos cremes dentais feitao para reduzir novo crescimento de placa e ajudar a prevenir a ocorrência de doença periodontal.