A importância dos cuidadores na saúde bucal de adultos com deficiências

De acordo com um estudo recém-publicado, os cuidadores desempenham um papel fundamental na saúde bucal de adultos com deficiências físicas e mentais. Mas pouco se sabe sobre métodos eficazes de cuidados bucais para essas pessoas que são incapazes de executar práticas de prevenção bucal de forma autônoma.

Conforme o estudo, pessoas com deficiências físicas e mentais normalmente têm alta prevalência de cárie, doenças periodontais e de perda do elemento dental. Se uma pessoa com deficiência não puder escovar ou usar o fio dental de forma independente, os cuidadores podem prestar assistência e apoio.

Pesquisadores entrevistaram cuidadores que tiveram ampla experiência em cuidados a pessoas com um ou mais tipo de deficiência. A maioria desses cuidadores disseram que se sentiam mais confiantes e capacitados em ajudar na escovação do que no uso do fio dental.

"Embora a contribuição do cuidador nos resultados de saúde bucal não seja bem compreendida, dada a ênfase no atendimento domiciliar, ele ou ela pode desempenhar um papel fundamental na melhoria da condição de saúde bucal de adultos com deficiência," concluiu o estudo. "Nossa descoberta também apoia a inclusão de atendimento domiciliar em abordagens abrangentes para promover a saúde bucal de adultos nesta população."

O relatório da Escola de Medicina da Universidade Tufts e investigadores da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade Tufts aparece na edição de outubro do Journal of the American Dental Association. Cuidadores que gostariam de ver mais dicas sobre como auxiliar pessoas com deficiência com seu cuidado bucal podem agora visitar o site nidcr.nih.gov para uma publicação do National Institute of Dental and Craniofacial Research (Instituto Nacional de Pesquisa Dental e Craniofacial), “Dental Care Every Day: A Caregiver’s Guide.” (Saúde Bucal Todos os Dias: um Guia para o Cuidador).

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.