Dente do siso quebrado: efeitos adversos caso deixe sem tratar

Os terceiros molares, popularmente chamados de “dente do siso”, são os últimos dentes permanentes a nascer, e eles geralmente aparecem no fim da adolescência ou início dos 20 anos. Se tiver sorte eles crescem retos e saudáveis. Às vezes, esses valiosos bens podem encontrar algum trauma que cause uma quebra. Um molar quebrado não é algo a ser ignorado. Você deve buscar cuidado dental imediato antes que mais danos ocorram.

Infecção e cárie

Quando se trata de um dente quebrado, o tempo é essencial. Um dente do siso quebrado sem tratamento pode levar a muitos problemas. Dependendo da localização da quebra, pode deixar uma cavidade que deixa o dente mais vulnerável a bactérias e cárie.

Se bactérias entrarem na cavidade você pode acabar com um dente infeccionado. Uma infecção não tratada pode se espalhar para a gengiva de outros dentes e para a mandíbula ou maxilar. Pode até se espalhar para outras partes do seu corpo, levando a outros problemas de saúde e doenças. Sinais de infecção incluem inchaço ao redor da área do dente quebrado e os tecidos próximos, dor latejante e, às vezes, febre.

Opções de tratamento

Se quebrar um dente do siso, chame seu dentista imediatamente. Marque uma consulta para examinar o dente, um raio-x pode ser feito e o dentista vai determinar as opções de tratamento. Não espere até que a dor esteja insuportável, ou pode ser tarde demais para salvar o dente.

Se seu dente mostrar sinais de infecção, tratamento com antibióticos são necessários antes que qualquer procedimento seja feito. A remoção cirúrgica do dente quebrado pode ser uma das opções recomendadas pelo dentista.