A manutenção do protetor bucal é importante para uma boca saudável

Você tem protegido o sorriso do seu filho ativamente, fazendo-o usar um protetor bucal durante as atividades esportivas?

Então, certifique-se de que ele não apenas use o protetor bucal, mas também o mantenha limpo. A limpeza e os cuidados minuciosos são tão importantes para o protetor quanto para os dentes do seu filho, dizem os pesquisadores.

Um estudo recente no periódico General Dentistry constatou que os protetores bucais de jogadores de hóquei no gelo e futebol americano apresentam grande número de bactérias, leveduras e fungos que podem causar doenças e infecções.

O protetor de um paciente do estudo, um jogador de futebol americano da escola secundária, mostrou a mesma bactéria em seu protetor bucal e em culturas de abscesso retiradas de um ferimento da perna. O protetor de um segundo paciente, verificaram os pesquisadores, tinha cinco diferentes tipos de fungos, que exacerbaram de tal maneira sua asma induzida por exercício que seu inalador não controlou os sintomas durante a competição.

Os pesquisadores alertam que os bordos cortantes de protetores bucais gastos podem cortar tecido bucal e que quaisquer bactérias, leveduras e fungos contidos no protetor podem ser transmitidos por meio de pequenos ferimentos na boca. Teorizam também que a crescente incidência de asma induzida por exercícios poderia estar relacionada com o uso de protetores contaminados.

Os autores do estudo recomendam uma substituição mais freqüente dos protetores bucais.

O web site da American Dental Association oferece uma variedade de dicas de cuidados com o protetor bucal (em inglês):

  • Antes e depois de cada uso, enxágüe-o com água fria ou com um enxaguatório bucal. Você pode limpá-lo com creme dental e escova de dentes.
  • De vez em quando limpe o protetor bucal com água fria e sabão e enxágüe-o abundantemente.
  • Coloque o protetor em um recipiente firme e perfurado para armazenamento ou transporte. Isso permite a circulação do ar e evita danos.
  • Para minimizar a distorção, evite altas temperaturas, como água quente, superfícies quentes ou luz solar direta.

Como qualquer outro equipamento esportivo, o protetor bucal sofre desgaste, o que o torna menos eficiente. Se seu protetor possuir furos ou desgastes ou se tornar frouxo, ele poderá irritar dentes e tecidos bucais. Verifique periodicamente a condição do protetor bucal e substitua-o quando necessário.

A ADA oferece informações online no endereço eletrônico www.ada.org (em ing) para ajudar pais e dentistas a escolher o melhor protetor bucal para uma criança.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.