Protetores Bucais Customizados Podem Reduzir o Risco de Lesões traumáticas em Atletas

Pais de crianças praticantes de esportes muitas vezes optam por um protetor bucal convencional para seus jovens atletas, mas um novo estudo mostra que protetores bucais customizados podem reduzir o risco de uma concussão.

O estudo, publicado em Maio/Junho, estudou 412 jogadores de futebol americano de seis equipes universitários. Três equipes foram escolhidas aleatoriamente para usar protetor bucal customizado e três equipes usaram protetor bucal convencional. Todos os jogadores usaram o mesmo estilo de capacete de futebol americano.

Os pesquisadores descobriram que 8,3% dos atletas no grupo com protetor bucal convencional sofreram pequenas lesões cranianas traumáticas, enquanto apenas 3,6 % no grupo com protetor bucal costumizado. Segundo teorias de estudos anteriores, os protetores bucais podem ajudar a reduzir o risco de concussão absorvendo o choque e limitando o movimento maxilo-mandibular, equilibrando a cabeça e pescoço.

"Pesquisadores e, mais importante, os pais, estão buscando melhores maneiras para proteger as crianças contra concussões," disse o autor responsável Jackson Winters, dentista pediatra que já atuou como juiz de futebol americano escolar e universitário. "Talvez os consumidores acreditem que o formato evoluído do capacete fornece proteção suficiente, mas nossa pesquisa indica que, quando comparado com as versões convencionais, o protetor bucal customizado, adequadamente encaixado também é essencial para a segurança do jogador."

A espessura do protetor bucal também pode influenciar na proteção. A espessura média dos protetores costumizados neste estudo foi 3,5 milímetros enquanto a média da espessura dos protetores convencionais era de apenas 1,6 milímetros. "Mesmo sendo necessário mais pesquisa sobre este assunto, o nosso estudo mostra o valor do protetor bucal customizado," afirmou o Dr. Winters. "Os benefícios em proteger seu filho de longe ultrapassam os custos associados com uma lesão médica ou dentária, propensa a ocorrer com um modelo convencional."De acordo com a MouthHealthy.org, o site do cliente ADA, estudos mostram que os atletas têm 60 vezes mais chance de sofrerem uma lesão dentária se não estiverem usando um protetor bucal. Mesmo que esportes de contato e colisão, como boxe, sejam esportes com maiores chances de provocar lesões na boca, atletas podem sofrer lesão na boca em atividades sem contato também, como ginástica e skate. Para mais informações sobre o uso e cuidado de protetores bucais, visite MouthHealthy.org . Seu dentista também pode lhe orientar sobre as melhores proteções esportivas para seu filho e fazer um protetor bucal customizado.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.