Atletas de resistência podem estar mais propensos à erosão ácida e cárie

O estudo, Efeito do Treinamento de resistência na Erosão Dental, Cárie e Saliva, publicado on-line em 11 de junho no Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports, avaliou 35 triatletas que treinavam pelo menos cinco horas por semana e 35 pessoas que não se exercitavam. Os participantes preencheram um questionário, informando idade, sexo, altura, peso, práticas de higiene bucal e quantidade de horas de treinos semanais. Também tiveram que informar sobre o que bebiam e quais produtos de nutrição desportiva eram utilizados durante o treinamento. Todos os participantes passaram por exames clínicos bucais e fizeram testes de produção de saliva e de pH salivar durante o repouso. O pH das piscinas utilizadas no treinamento dos triatletas também foi levado em conta no levantamento de dados.

Embora o nível do pH salivar dos atletas e não-atletas fosse similar durante o repouso, os atletas apresentaram um aumento no risco de erosão dentária pela diminuição das taxas de fluxo salivar, além da diminuição expressiva de pH salivar durante a atividade. Além disso, os cientistas concluiram que havia uma correlação significativa entre o tempo de treinamento dos atletas e a probabilidade de apresentar cáries.

Os efeitos do treinamento físico e uso de bebidas e nutrição esportivas baixam o pH da saliva dos atletas para níveis que permitem que a erosão ácida ocorra , afirmou a Dra. Cornelia Frese, chefe do estudo.

"Com a redução do pH intra-oral, poderá ocorrer a erosão ácida e o favorecimento do desenvolvimeto de cárie ", disse a Dra. Frese. "Observamos que o tempo de treinamento semanal está correlacionado à predominância de cárie. Consideramos que o tempo de treinamento é proporcional a uma maior ingestão de barras, géis e bebidas ricas em carboidratos, o que pode causar um maior risco de cárie."

A Dra Frese disse ainda que as mudanças fisiológicas nos atletas contribuem para esses problemas.

"O exercício ativa o estímulo simpático e suprime a inervação parassimpática das glândulas salivares", segundo ela. “Além disso, os atletas respiram pela boca durante o exercício pesado e a boca fica seca. Se eles consumirem alimentos e bebidas esportivas nesse momento, a proteção da saliva fica prejudicada."

Os atletas precisam de uma rotina de saúde bucal especial, ela afirma, e “é importante o uso de um creme dental que contenha flúor. O flúor no creme dental aumenta a resistência do tecido duro dos dentes contras as cáries e os desafios ácidos”.

Para obter mais dicas sobre nutrição e boa saúde oral, visite MouthHealthy.org, site do consumidor da ADA (http://www.mouthhealthy.org/en/nutrition/). Ou saiba mais sobre os benefícios do flúor em MouthHealthy.org (http://www.mouthhealthy.org/en/az-topics/f/fluoride).

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.

Cuidar de seus dentes ajuda a prevenir a cárie

As bactérias que vivem dentro da sua boca podem inclusive causar cárie, caso você não pratique bons hábitos de saúde bucal . Use uma de nossos cremes dentais com flúor para prevenir a cárie.