Como os distúrbios alimentares afetam sua boca?

Os distúrbios alimentares são um grave problema de saúde na sociedade de hoje; no entanto, a maioria das pessoas sofre em silêncio. Como os distúrbios alimentares afetam sua boca? Os sinais indicadores são óbvios para um profissional de odontologia e pode variar de fraco a grave. Muitas vezes, o dentista será a primeira pessoa a identificar distúrbios.

Tipos de distúrbios alimentares

Os distúrbios alimentares incluem anorexia nervosa, bulimia e compulsão alimentar. Todos esses três distúrbios têm efeito negativo na boca. Pessoas com anorexia têm medo de ganhar peso ou engordar, mesmo quando estão muito abaixo do peso. Elas limitam a ingestão de alimentos, praticam exercício excessivamente e, depois de comer sentem-se compelidas a provocar o vômito, usar laxantes, enemas (lavagem intestinal) ou diuréticos para livrar seu corpo do excesso de peso.

A bulimia é descrita como a ingestão excessiva de alimentos várias vezes na semana ou, nos casos mais graves, várias vezes ao dia. Esse desejo incontrolável faz com que a alimentação seja pouco saudável, excessiva em alimentos doces e gordurosos e também seja seguida por purga que inclui vômitos autoinduzidos e uso de diurético, laxante e enema. Os estudos mostram que 89% dos bulímicos mostram sinais de danos na boca e nos dentes.

Os comedores compulsivos foram anteriormente classificados como viciados em comida. Eles comem demais durante períodos curtos de tempo e não conseguem controlar esses impulsos. São diferentes dos bulímicos na medida em que, normalmente, não utilizam técnicas de purga para livrar seus corpos do excesso de peso. Em vez disso, sentem-se extremamente culpados e com remorsos, fazendo com que o comportamento compulsivo continue. A compulsão alimentar foi identificada como igualmente prevalente em homens e mulheres.

Como os distúrbios alimentares afetam sua boca e seu corpo?

Todos esses distúrbios alimentares têm efeitos negativos em seu corpo. A deficiência de vitaminas, minerais e nutrientes associada a esses distúrbios pode causar problemas no organismo fazendo-o não funcionar corretamente. Possíveis problemas de saúde incluem:

  • Perda de peso,
  • Queda de cabelos,
  • Baixa temperatura corporal,
  • Ausência ou irregularidade do ciclo menstrual nas mulheres,
  • Problemas cardíacos, insuficiência renal e possível morte.

Os efeitos negativos da deficiência de vitaminas e nutrientes também são refletidos na boca. Além disso, para os que induzem o vômito, os ácidos estomacais causam danos aos dentes. Os sinais bucais indicadores de distúrbios alimentares incluem:

  • Boca seca e aumento das glândulas salivares,
  • Lábios secos e trincados e lesões bucais,
  • Erosão dos dentes.
  • Sensibilidade ao frio e quente nos dentes.

Tratamento recomendado para a boca

Pessoas que sofrem de distúrbios alimentares frequentemente procuram o dentista em consequência de problemas que elas identificam em sua boca e dentes. O dentista é qualificado para identificar sinais bucais de distúrbios alimentares graves. Eles orientam o paciente em relação aos danos bucais e corporais e recomendam o tratamento por um profissional de saúde mental. Enquanto isso, eles ajudam a aliviar os problemas bucais e dentários do paciente. Por exemplo, aqueles que têm o hábito de provocar o próprio vômito são advertidos a não escovar os dentes imediatamente após vomitar, pois os efeitos prejudiciais dos ácidos estomacais sobre os dentes tenderá a piorar. Portanto, o paciente deve esperar cerca de meia hora para escová-los e utilizar creme dental neutro como bicarbonato de sódio.

O trabalho preventivo e restaurador pode incluir:

  • Instruções para uma higiene bucal adequada.
  • Fluoride treatment plans, based on the individual. (Colgate®Duraphat pode ser uma possível solução, mas somente se prescrito por seu dentista.)
  • Alternativas para boca seca.
  • Tratamento de sensibilidade por meio de restauração dos dentes com perda significativa de esmalte.
  • Consultas regulares ao dentista para monitorar o progresso do tratamento.

A maneira pela qual os distúrbios alimentares afetam a boca é secundária ao dano que irá ocorrer no corpo. No entanto, procurar a ajuda de um especialista em saúde mental muitas vezes é difícil por causa da vergonha e culpa associadas a esses distúrbios. Pacientes que procuram tratamento de um dentista em função de danos e sensibilidade nos dentes, serão avaliados não só por questões bucais, mas por problemas com o seu bem-estar em geral. Este pode ser o primeiro passo crucial para a obtenção de ajuda.