Dentistas lideram equipe de saúde bucal

A maioria dos norte-americanos goza de excelente saúde bucal e conserva os dentes naturais ao longo de toda a vida. Porém, esse não é o caso de todos.

A cárie dentária continua sendo a doença crônica mais prevalente da infância. Cerca de 100 milhões de norte-americanos não consultaram um dentista em 2007, apesar de consultas odontológicas regulares e de boa higiene bucal serem capazes de prevenir a maioria das doenças dentais.

Uma consulta odontológica significa ser examinado por um dentista, que é um profissional capaz de diagnosticar e tratar problemas que podem variar dos corriqueiros aos extremamente complexos. As responsabilidades do dentista incluem:

  • Diagnosticar as doenças bucais;
  • Criar planos de tratamento para conservar ou restaurar a saúde bucal;
  • Interpretar raios-x e exames diagnósticos;
  • Garantir a administração segura de anestésicos;
  • Monitorar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes e da maxila e mandíbula;
  • Realizar procedimentos cirúrgicos nos dentes, ossos e tecidos moles da cavidade bucal;
  • Lidar com traumas bucais e outras situações de emergência.

A supervisão da equipe clínica pelo dentista é crucial para garantir o tratamento bucal seguro e eficaz. Mesmo procedimentos aparentemente rotineiros como extrações dentais, preparação e colocação de restaurações ou administração de anestésicos carregam riscos de possíveis complicações como infecção, lesão temporária ou mesmo permanente aos nervos, sangramento prolongado, hematomas e dor.

As áreas de atuação do dentista incluem não apenas os dentes e gengiva dos pacientes, mas também os músculos da cabeça, pescoço e mandíbula, a língua, as glândulas salivares e o sistema nervoso da cabeça e pescoço. Durante um exame abrangente, os dentistas examinam os dentes e a gengiva, mas também pesquisam nódulos, inchaços, manchas, ulcerações – qualquer anormalidade.

Além disso, os dentistas podem descobrir sinais de alarme iniciais na boca, que podem indicar doenças em outros lugares do corpo. O treinamento dos dentistas também os capacita a reconhecer situações que requerem o encaminhamento dos pacientes para tratamento com dentistas especialistas ou médicos.

© Associação Dental Americana. Todos os direitos reservados. Probida qualquer reprodução ou redistribuição sem permissão prévia por escrito da Associação Dental Americana.