O Diabetes e a Doença Gengival


O Diabetes e os Problemas de Saúde Bucal

  • 1Existe uma ligação entre as doenças gengivais e diabetes? Cerca de um terço dos 20,8 milhões adultos e crianças que têm diabetes nos Estados Unidos não sabem que são portadores da doença.1, 2 Pesquisas sugerem que há uma prevalência aumentada de doenças gengivais (gengivite e periodontite) dentre aqueles com diabetes, somando as doenças gengivais a uma lista de outras complicações associadas com diabetes, tais como doenças cardíacas, acidentes vasculares encefálicos isquêmicos (derrame cerebral) e doenças renais.3

  • 2O diabetes impacta a doença gengival e vice-versa? Pesquisas recentes sugerem que a relação entre doenças gengivais e diabetes é uma via de mão dupla. Não somente as pessoas com diabetes são suscetíveis às doenças gengivais, mas esta pode ter o potencial de afetar o controle glicêmico no sangue e contribuir para a progressão do diabetes.

    Pesquisas sugerem que pessoas com diabetes têm alto risco de adquirirem problemas bucais, tais como gengivite (um estágio inicial de doença gengival) e periodontite (doença gengival avançada com perdas ósseas). Pessoas com diabetes têm um risco aumentado para doenças gengivais avançadas porque os diabéticos são geralmente mais suscetíveis às infecções bacterianas, e têm uma diminuição na capacidade de combater as bactérias que invadem o tecido gengival.

    O Surgeon General´s Report on Oral Health afirma que uma boa saúde bucal é parte integrante da saúde geral.7 Por isso, escove os dentes use fio dental e enxaguatório bucal e consulte o dentista regularmente.

  • 3Por ser diabético, corro um risco maior de ter problemas nos dentes? Se os seus níveis de glicemia não estiverem controlados, você estará mais suscetível a desenvolver doença gengival avançada e de perder dentes quando comparado a pessoas que não têm diabetes. Como todas as infecções, a doença gengival pode ser um fator que eleva o nível de açúcar no sangue e pode tornar o controle do diabetes mais difícil.

    Outros problemas bucais relacionados com diabetes são: candidíase (sapinho - uma infecção causada por um fungo que cresce na boca), boca seca que pode causar aftas, úlceras, infecções e cárie.

  • 4Como evitar problemas dentários associados ao diabetes? Em primeiro lugar, o mais importante é controlar o nível de glicose no sangue. Em seguida, cuide bem dos dentes e gengiva e faça exames minuciosos a cada seis meses. Para controlar as infecções por fungo, controle bem seu diabetes, procure não fumar e, se usar dentadura, remova-a e limpe-a diariamente. O controle adequado da glicose do sangue também ajuda a evitar ou aliviar a boca seca causada pelo diabetes.

  • 5O que posso esperar das minhas consultas com o dentista? Devo contar a ele que tenho diabete? Pessoas com diabetes têm necessidades especiais e seu dentista está equipado para atender a essas necessidades - com a sua ajuda. Mantenha seu dentista informado sobre quaisquer alterações na sua condição e qualquer medicação que estiver tomando. Adie procedimentos odontológicos não emergenciais caso o nível de açúcar no seu sangue não esteja sob controle.

1. American Diabetes Association.

2. J Periodontol Mar; 76(3):418-25.

*Proteção contra bactérias em dentes, língua, bochechas e gengivas.
Colgate - A marca número 1 em recomendação dos dentistas